Caro leitor,

Quem viveu nos anos 80 vai se identificar com as linhas a seguir.

Aposto que você colecionou as figurinhas do chocolate Surpresa…

Amarrou o cadarço do Kichute na canela…

Soprou a fita do Atari até funcionar…

Bons tempos, não é mesmo?

Seus filhos poderiam ter a mesma experiência que você, mas…

O chocolate Surpresa entrou em extinção…

O Kichute pendurou as chuteiras…

E o Atari, coitado, game over…

Agora, pense por um instante.

Se essas marcas fossem ações listadas na Bolsa, seriam consideradas blue chips na época, certo? Ações de primeira linha…

Provavelmente seriam recomendadas por 8 de 10 analistas.

Porém, hoje, todas teriam virado pó, pois já não existem mais.

Quem tivesse investido nelas perderia praticamente todo o dinheiro.

Para essa comparação não ficar muito subjetiva e emocional, vou fazer um paralelo listando o histórico das empresas mais relevantes do Ibovespa nas últimas décadas.

Mas, antes, vale uma ressalva…

O Ibovespa, ou Índice Bovespa, é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo.

Atualmente, é formado pelas 59 ações com maior volume negociado nos últimos meses, sendo elaborado de acordo com os critérios estabelecidos em sua metodologia.

Nos anos 80, a mineradora Paranapanema (PNAM3) chegou a atingir uma participação de 27,87% no Índice Bovespa. Ou seja, aproximadamente 1/3 da composição total do Índice. Porém, a empresa não faz mais parte do indicador há muitos anos.

Sua cotação chegou a bater a marca de R$ 30. Hoje, a mineradora vale menos de R$ 2 por ação.

Nos anos 90, a Telebras (TELB3) reinava na Bolsa. Chegou a ter uma incrível participação de 50,47% do Ibovespa, a maior alcançada por um único papel na história do Índice. Hoje, assim como a Paranapanema, não faz mais parte do Ibovespa.

Seus papéis chegaram a valer cerca de R$ 300, no fim dos anos 90. Mas, em 1998, a Telebras foi privatizada e dividida em 12 empresas holdings. A cotação desabou para cerca de R$ 10.

Quem era acionista da Telebras passou a deter participação em cada uma das 12 holdings.

A principal delas é hoje o Grupo Oi, que está em processo de recuperação judicial, com dívida de R$ 65 bilhões, aproximadamente.

Fonte: Portal Exame, Tatiana Vaz, 20/06/2016

Mais recentemente, eu ainda poderia citar o emblemático caso da Petrobras (PETR4), que chegou a deter 19,49% do Ibovespa em 2009. Atualmente, a petrolífera conta com apenas 4,9% de participação no Ibovespa.

A então maior empresa do País, que já foi cotada a cerca de R$ 40/ação, atingiu a marca inferior a R$ 5 no início de 2016. Hoje, ensaia uma tímida recuperação na casa dos R$ 13,00, o que não chega a animar se considerarmos que a Petrobras vale aproximadamente 50% menos se comparada ao seu auge.

Para piorar, a Petrobras tem a segunda maior dívida corporativa do mundo.

No primeiro trimestre de 2003, a dívida bruta da petrolífera era de R$ 31 bilhões. Nos dias atuais, o montante se aproxima perigosamente dos R$ 500 bilhões.

Fonte: Exame, 21/07/2017

O que esses exemplos significam?

Que, no mercado de ações, nada é para sempre.

Os fundamentos da Petrobras, por exemplo, eram inegavelmente bons até 2006, mas desde então começaram a ruir.

Um investidor atento provavelmente teria se desfeito das ações da companhia entre 2007 e 2008 com os repetidos sinais de deterioração.

Por sinais de deterioração, refiro-me ao aumento da dívida, à diminuição nos lucros e à redução do Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE).

Isto porque não basta comprar um papel de uma empresa “sólida” e esperar lucros extraordinários após 10, 20, 30 anos…

Veja bem, não estamos criticando os investidores de longo prazo, conhecidos também como fundamentalistas.

Um investimento de longo prazo costuma fazer sentido – até que a empresa perca os bons fundamentos.

Como você viu nos exemplos acima, empresas tradicionais podem perder o status de “porto seguro” em poucos anos.

Em outras palavras, o que era bom ontem pode não ser mais amanhã…

E agora?

Se investir em uma ação no longo prazo não é certeza de lucro garantido…

…que alternativas você tem para rentabilizar o seu dinheiro?

 

Fique tranquilo, estamos aqui para ajudar.

Muitos diriam para você procurar a renda fixa, por exemplo…

Afinal, o Brasil é hoje um verdadeiro paraíso para os investidores, com a maior taxa de juros do mundo.

Fonte: UOL

Fonte: FX Street

O que isso significa?

Enquanto alguns lutam para conseguir míseros +2% investindo em países desenvolvidos, aqui a história é outra.

É possível bater +10,25% a.a. sem abrir mão do conforto da renda fixa.

Podemos dizer até que, com uma boa assessoria de investimentos, dá para ganhar uns +15% a.a., o que de fato é muito bom…

Isto acontece porque, quanto maior for o juro de um país, maior será a rentabilidade da renda fixa em geral, já que eles estão atrelados na grande maioria dos casos.

Está acompanhando o raciocínio até aqui?

Agora, preste muita atenção nas linhas a seguir.

Vamos revelar algo incrível, que mudará para sempre sua maneira de investir…

Já vimos que +15% ao ano é uma ótima rentabilidade, não é mesmo?

Uma das melhores do mundo.

E se dissermos que você pode lucrar em 1 ano o que levaria 30 anos para ganhar…

É exatamente isso que você acabou de ler.

Qual é o segredo?

O Método 30 em 1.

O Método 30 em 1 é a estratégia que utilizamos em uma das series da Empiricus para buscar em 1 ano a rentabilidade que você só conseguiria daqui a 30 anos. Isso, presumindo um ganho anual de incríveis +15% ao ano (algo que não deve durar por muito tempo).

Tentador?

Melhor que isso. É possível e está ao seu alcance.

Para facilitar o entendimento, vamos fazer algumas simulações de quanto você pode faturar com o Método 30 em 1.

Vamos começar com uma quantia pequena.

Se você investir R$ 10 mil

Em 10 anos, poderá acumular R$ 40.045.

Em 20 anos, R$ 163.665.

Em 30 anos, R$ 662.117.

Após 3 décadas, você poderia comprar um apartamento.

 

Investindo R$ 50 mil

Em 10 anos, poderá acumular R$ 202.277.

Em 20 anos, R$ 818.326.

Em 30 anos, R$ 3.310.588.

Se esperasse 30 anos, você poderia se considerar um milionário.

 

Agora, imagine se você investir R$ 100 mil

Em 10 anos, poderá acumular R$ 400.450.

Em 20 anos, R$ 1.636.650.

Em 30 anos, R$ 6.621.170.

Nesse caso, quem investiu essa quantia poderia ter a independência financeira e começar a viver dos rendimentos.

Mas você quer esperar 30 anos para conseguir tais ganhos?

Alguém hoje com 35 anos de idade só veria esses fabulosos montantes quando chegasse a 65 anos.

Muito tempo, não é mesmo?

E se você tivesse um ATALHO?

Algo capaz de transformar 30 anos em apenas 1?

Isso é possível. E vamos lhe provar agora:

O que propomos no Método 30 em 1 são diversas operações de curto prazo, que geralmente duram de uma a duas semanas cada.

Em 1 ano, recomendaremos aproximadamente 30 trades (operações).

A cada trade, buscamos um retorno médio de +15%…

Faça as contas, em 1 ano são +6.521% de rentabilidade potencial.

1,15 x 1,15 x 1,15… x 1,15 = +6.521%

Veja quanto você pode ganhar utilizando o Método 30 por 1:

Se você investir R$ 10 mil

Em APENAS 1 ANO poderá ter R$ 662.117.

Seu apartamento em apenas 12 meses, esquecendo o financiamento da Caixa.

Se você investir R$ 50 mil

Em APENAS 1 ANO poderá ter R$ 3.310.588.

Você milionário em apenas 12 meses, tendo toda a vida pela frente para usufruir desse dinheiro.

Se você investir R$ 100 mil

Em APENAS 1 ANO poderá ter R$ 6.621.170.

Nesse caso, você conseguiria em apenas um ano dinheiro suficiente para viver dos rendimentos e até parar de trabalhar.

Todos os exemplos que acabamos de mostrar consideram que você sempre reinvista tudo que o que já ganhou.

É o modelo arrojado de investimento que, por consequência, traz mais potencial de retorno.

Contudo, algumas pessoas podem preferir o modelo moderado.

Como o nome sugere, é um modelo que “blinda” o capital investido, mas que também entrega ganhos consideráveis.

Como funciona?

Digamos que você comece com R$ 10 mil.

Após fechar o primeiro trade, você pode embolsar o lucro e montar a segunda operação com os mesmos R$ 10 mil.

E repete esse procedimento todas as vezes, sempre embolsando os lucros e investindo o mesmo valor.

Pode ser R$ 5 mil, R$ 50 mil ou R$ 100 mil. Vai depender do capital que você tem disponível.

Para quem fizer o modelo moderado com R$ 10 mil, pode terminar o primeiro ano de operações com aproximadamente R$ 55 mil.

Ou seja, +450% de lucros. O que equivale a 11 anos de ganhos na renda fixa de uma maneira conservadora, embolsando os lucros a cada operação.

Não é tão expressivo quando os +6.521% do modelo arrojado, mas é muito superior a qualquer aplicação convencional.

Funciona muito bem para aqueles que não gostam de tanta adrenalina.

Afinal, cada um precisa reconhecer e investir conforme seus próprios limites.

Mas você pode estar se perguntando se esse Método 30 por 1 não é muito arriscado, em função de seu alto retorno.

A resposta é não.

Explico…

Como fazemos muitas operações no ano, o risco é diluído.

Imagine um banquinho de 3 pernas. Se ele perder uma perna, cairá.

Agora, pense num banquinho de 30 pernas. Mesmo que ele perca algumas pernas, continuará estável, certo?

Com o Método 30 em 1 a lógica é a mesma.

Naturalmente, não vamos acertar todas. Ninguém acerta…

Mas nosso “banquinho” continuará de pé. Sólido. Robusto.

Alguma eventual operação negativa será suprida por um trade certeiro que trará +30%, +50% ou 100%…

Com “300 anos” de experiência, sustentamos um respeitável histórico de +15% de rentabilidade média em cada trade, já considerando eventuais perdas.

300 anos de experiência? Como assim?  

Na verdade, Sergio Oba analista responsável pelo método, está há 10 anos no mercado. Mas fazendo as contas pelo Método 30 por 1, é como se fossem 300 anos. Claro que se trata de uma brincadeira.

Mas, voltando a falar sério, gostaríamos de ressaltar um ponto importante.

Um dos diferenciais do Método 30 por 1 é sua eficiência em qualquer mercado.

De alta

De baixa

Ou mesmo lateralizado

Isso significa que é possível ganhar tanto na compra, quanto na venda de ações.

Graças a essa flexibilidade, multiplicamos as suas chances na Bolsa.

Vale destacar ainda que o Método 30 em 1 é acessível a todos os investidores. De iniciantes a avançados.

Ou seja, você não precisa ser um expert na Bolsa para ganhar com esse método. Aliás, você pode utilizá-lo com sucesso sem nunca ter comprado uma ação.

Indicaremos quando você deve comprar e vender as oportunidades da semana assim que elas surgirem.

E, para você se sentir mais seguro, explicaremos o racional de cada recomendação.

Tudo de maneira simples e didática.

Basta seguir as recomendações de Sergio Oba nos relatórios e nos alertas, via SMS e e-mail, para lucrar com elas.

Aliás, não é preciso seguir todos os trades. Você pode entrar apenas nas recomendações que se sentir mais confiante. Sinta-se livre, a escolha é sua.

Afinal, com previsão de ganhos de mais de 6.000% num único ano, você pode se dar ao luxo de escolher em quais operações quer entrar.

Caso seja assinante de outra(s) série(s) da Empiricus, saiba que esta série tem uma pegada diferente das demais.

O viés aqui é trading (um dos únicos da casa).

Seremos guiados pela obstinação de fazer dinheiro no curto prazo.

Aqui fica um esclarecimento: em função dessa característica particular, em alguns momentos esta série poderá entrar em conflito com outras da Empiricus, que focam no longo prazo.

Isso não quer dizer os fundamentos da série estão certos e os outros errados. Apenas que os objetivos são diferentes.

Enquanto Sergio Oba vai em busca de ganhos no curto prazo, a maioria dos demais analistas mira retornos no longo prazo. Aproveite para se beneficiar com essa pluralidade.

 

Para quem ainda não conhece, Oba é formado em Administração pela Faap, com passagem pelo Santander, onde foi trader de ações, futuros e derivativos.

Também foi gestor de recursos em family office e na asset Albatroz Capital.

Hoje é responsável por uma das series Premium mais disputadas da Empiricus.

Neste trabalho, busca mesclar análise fundamentalista, macroeconômica e aspectos técnicos de cada ativo.

Tudo isto com um objetivo: ajudar você a ganhar dinheiro no curto prazo.

E como ele faz isso?

Buscando gerar retornos superiores à média, seguindo a linha de trading

1) Capturando oportunidades de curto prazo;

2) Preservando seu patrimônio;

3) Lucrando em condições adversas de mercado;

4) Comprando hedge (ativos de proteção) a um custo baixo, apostando em um seguro-catástrofe e buscando um perfil de retorno assimétrico.

Gostaríamos de frisar que a análise não é feita apenas por um profissional. Existe um intenso debate com o time de analistas da Empiricus sobre diversos assuntos:

  • Gráficos;
  • Fluxos de compra e venda;
  • Fluxo de notícias macro e micro;
  • Fusões e Aquisições (M&A);
  • Eventos;
  • Resultados trimestrais;
  • Dentre outros.

Sergio Oba também utiliza o seu contato com as principais tesourarias, bancos e gestores do País para debater ideias de investimento.

Ou seja, de certo modo você contará com as recomendações das melhores cabeças do mercado, não só da Empiricus…

Lembrando sempre que focaremos em variações de curto prazo, e não em oportunidades de longo prazo.

Aqui é importante ressaltar um ponto.

Não temos prazo de carregamento. Não sabemos quando o mercado nos dará oportunidades.

Mas uma coisa é certa: estaremos preparados quando elas vierem.

Podemos fazer day trade (operações iniciadas e encerradas no mesmo dia), assim como podemos carregar as operações por mais tempo. Podemos dar recomendações de compra e/ou venda.

E utilizaremos toda essa liberdade a favor do seu bolso.

O objetivo é apenas um: fazer você ganhar dinheiro.

Mas não qualquer dinheiro. Você vai ter acesso aos retornos de 30 anos da renda fixa em apenas 1 ano.

É algo que transforma a vida de qualquer pessoa.

Estou falando de mais de 6.500% em 12 meses.

Nossos assinantes estão muito felizes com as recomendações até aqui.

Destacamos alguns dos agradecimentos.

17% em 3 dias. Estou bastante satisfeito com as recomendações de compra. A nova série da Empiricus promete, hein…
Fernando P.

Como você pode ver abaixo, esse não é um caso isolado. Os novos assinantes já estão começando com o pé direito…

Acabei de chegar na série e já segui duas recomendações. Estou muito feliz com a performance de ambas.
Pedro L.

Gostaria de destacar que tão importante quanto comprar bem é vender no momento correto…
Parabéns pelo timing para encerramento das operações que deram o lucro esperado, assim como a análise certeira de CSNA3.
Federico B.

Se você não tem intimidade com a Bolsa, fique tranquilo pois os relatórios são acessíveis a todos. Até mesmo a quem nunca investiu antes…

Os relatórios estão muito bons (com textos explicativos, gráficos, e tabelas de entradas e valores). Parabéns!!! Lê-los me faz sentir seguro e confiante para investir. Estou bastante satisfeito.
Altair A.

Veja bem, essas são apenas algumas das grandes oportunidades que identifiquei. Nos próximos relatórios mensais com atualizações semanais, você ficará por dentro das novas recomendações com alto potencial de ganho que Sergio Oba está preparando neste exato momento.

Tudo de maneira bem simples, didática e detalhada, acessível até mesmo aos investidores iniciantes.

Antes de dar o próximo passo, esteja ciente destes pontos:

✓ Investimento em ações envolve riscos;

✓ Não invista um valor que comprometa seu patrimônio;

✓ Siga as recomendações para minimizar o risco de perdas.

Agora que você já sabe que o Método 30 em 1 é eficiente em qualquer cenário…

Que é possível ganhar tanto na alta quanto na baixa…

Comprando ou vendendo…

E que você pode utilizá-lo com sucesso mesmo sem nunca ter operado na Bolsa…

…fica a pergunta:

Quer faturar em 1 ano o que você levaria 30 anos para ganhar?

Quem não quer, não é mesmo?

Mas afinal, quando custa para ter acesso à série que é capaz de criar um ATALHO e turbinar seus investimentos?

Nesta oferta especial, quem quiser experimentar os ganhos extraordinários da série Empiricus Serious Trader pagará 12 x R$ 232,00.

Um ano de recomendações certeiras e fáceis de aplicar por apenas 12 parcelas de R$ 232,00. Quem optar por pagamento à vista, ainda ganha 10% de desconto.

Um valor irrelevante para os ganhos rápidos que você pode conseguir.

Em poucas semanas você pode colher lucros que pagarão a assinatura e, dali para frente, é só alegria.

Enfim, hoje começa uma nova fase da sua vida.

Mas só poderemos te ajudar a ganhar dinheiro se você estiver entre os assinantes.

Por isso, clique no botão abaixo e confirme sua inscrição.

Se, em até 20 dias, você julgar que a série não está atendendo suas expectativas, recebe 100% do dinheiro de volta. É a Cláusula de Confiança Empiricus.

Nossos trades serão rápidos e precisos.

Da mesma forma que você precisa ser agora.

Pois temos dias decisivos pela frente.

E quero que você também receba estes lucros.

Assine o Empiricus Serious Trader e tenha ganhos expressivos no curto prazo.

 

Compromisso Empiricus registrado em cartório

CLÁUSULA DE CONFIANÇA 100%

Apesar de todas as vantagens já implícitas no material, a oferta em questão não perde a prerrogativa da Cláusula de Confiança Empiricus registrada em cartório: caso você não goste do conteúdo, pode cancelar a assinatura nos primeiros 20 dias com reembolso de 100% do valor pago.

Isso mesmo: você terá acesso imediato a todo o material do plano e ainda garantirá a possibilidade de cancelar posteriormente, recebendo o seu dinheiro de volta.

Para exercer seu direito, basta ligar para a Central de Atendimento pelo telefone 4003-5130 e o processo é executado automaticamente. Limitado a 3 cancelamentos por assinante em um prazo de 12 meses.

Um abraço,
Equipe Empiricus

 

Informações Importantes:

Os conteúdos da Empiricus visam informar o seu destinatário sobre matérias relacionadas a economia, finanças e investimentos. A Empiricus se exime de qualquer responsabilidade sobre eventuais prejuízos que o destinatário de seus conteúdos tiver em decorrência da sua tomada de decisão. Embora a Empiricus forneça informações sobre investimentos, fundamentadas sob avaliação criteriosa, não se pode antecipar comportamentos. Padrões, histórico e análise de retornos passados não garantem rentabilidade futura. Todo investimento financeiro, em maior ou menor grau, embute riscos que podem ser mitigados mas não eliminados. A Empiricus alerta para que nunca sejam alocados em renda variável aqueles recursos destinados a despesas imediatas ou de emergência, bem como valores que comprometam o patrimônio do assinante. A Empiricus é uma publicadora de conteúdos, totalmente dissociada do sistema de distribuição de valores mobiliários, e, por conseguinte, não obtém nenhum tipo de receita advinda de comissões, corretagens ou emolumentos sobre montantes eventualmente aplicados. A Empiricus zela pelo direito de privacidade dos seus leitores.


A Empiricus foi fundada em 2009 com um objetivo: levar conteúdos financeiros independentes
e de qualidade para a pessoa física.

Hoje, nossa equipe conta com mais de 200 colaboradores.
Afinal, somos uma empresa de pessoas e produzir conteúdo relevante para a sua vida financeira não é tarefa fácil.

Mas a Empiricus não é apenas a sua equipe, somos os mais de 180 mil assinantes das publicações.
Para conhecer algumas dessas histórias, acesse https://www.empiricus.com.br/depoimentos

Se quiser saber mais sobre a Empiricus, acesse nosso site em www.empiricus.com.br ou envie um email para relacionamento@empiricus.com.br.

A Empiricus apoia

 

Uma empresa associada à Agora Companies


Maior grupo de publicações financeiras do mundo, com mais de 2.700.000 assinantes

Empiricus
CNPJ 11.431.155/0001-07
Copyright © 2009 – 2019

Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.477
Torre B - 10º Andar
CEP 04538-133 - Itaim Bibi - São Paulo

Relacionamento com o assinante
Telefone(s): 4003-3117 | 4003-3118
(ligação local)