A melhor estratégia financeira para o 2o semestre –
e uma oportunidade de multiplicar seu capital imediatamente.

“As notícias sobre minha morte eram um tanto precipitadas”

Caro leitor,

A conta do restaurante deu R$ 315.

Pode parecer muito, mas é um valor irrisório perto do que aquele almoço havia representado…

No dia 9 de junho, às 11h45, saí do escritório da Empiricus apreensivo.

Tinha um objetivo claro – e aparentemente pretensioso: convencer meu orientador no mestrado a escrever para o relatório Palavra do Estrategista.

Fazia bastante frio e combinamos de almoçar no Varanda. Marquei lá pois sabia do gosto do professor. O clima era ideal, convidando para carne e vinho.

Talvez você ainda não tenha se atentado para a importância do que fazíamos naquele momento.

A conversa significava uma conquista pessoal marcante. E traria um grande benefício para meus leitores, levando o Palavra do Estrategista a outro patamar.

O professor conhecia o nosso relatório. Ele sabia do impacto que aquilo poderia trazer.

O sucesso de teses como O Fim do Brasil, Oportunidades de uma Vida e Rali do Impeachment levou o Palavra ao expressivo número de 100 mil assinantes – o relatório mais lido de todo o mercado de capitais brasileiro.

Para que você tenha uma ideia mais precisa do que estamos falando, foram mais de R$ 500 milhões de riqueza gerados para seus leitores.

Precisávamos manter a mesma qualidade das recomendações de investimento – de modo que todos os assinantes continuassem se beneficiando de todas as sugestões. Por isso, fechamos o relatório para novos assinantes em abril.

Podíamos atender 100 mil leitores, não mais do que isso.

Seria ótimo se eu pudesse fazer essas 100 mil pessoas beberem da mesma fonte que eu, proporcionando a elas a mesma prática que me trouxe até aqui.

Encorajado pela primeira taça de vinho, perguntei ao professor:

Que tal escrever para os leitores do Palavra do Estrategista?

Foram 10 segundos de silêncio, até que ele terminasse de mastigar.

Para mim, foram 10 segundos intermináveis.

Eu aceito…

O professor respondeu.

… mas com uma condição.

Silenciei-me à espera do que ele tinha a dizer.

Precisamos reabrir o Palavra do Estrategista para novos leitores. Não podemos restringir o acesso a este conteúdo.

Por um momento hesitei.

Como explicaria a reabertura do relatório, sem que houvesse terminado de implementar na série as melhorias que estão por vir?

Respirei.

A conversa prosseguiu por alguns minutos. Após algumas ponderações, concluí:

Ele tinha razão.

Levar conhecimento para todo mundo era justamente a vocação da Empiricus.

A empresa foi criada com este objetivo: permitir que o cidadão comum pudesse acessar as melhores recomendações existentes para o seu dinheiro – todo e qualquer cidadão.

Não fazia sentido deixar fechado o Palavra, relatório financeiro mais importante e acertador do Brasil.

Especialmente AGORA, que tenho em mãos a melhor estratégia financeira para o 2o semestre e uma oportunidade de multiplicar o capital dos leitores imediatamente.

 

“Levante, seu filho da puta, por que o Mickey te ama.”

Mickey Goldmill, para Rocky Balboa

Desde o fechamento do Palavra do Estrategista para novos assinantes, não paramos de trabalhar nas melhorias da empresa um minuto sequer.

Ainda não terminamos todo o processo, mas os avanços são significativos.

Quem visitou a Empiricus meses atrás certamente teria uma surpresa caso pisasse aqui novamente.

Tenho certeza de que os nossos assinantes também ficarão satisfeitos com o progresso feito até o momento.

Faço questão de lhe contar algumas dessas transformações:

 

1 – Nossa primeira atitude foi alugar outro andar do edifício – agora estamos no segundo, no quarto e no sétimo, com mais espaço para fazer novas contratações e desenvolver grandes projetos.

2 – Com um novo andar praticamente inteiro para o Customer Service, dobramos o número de atendentes, visando resolver melhor as demandas dos assinantes.

3 – Contratamos um sistema de Customer Relationship Management (CRM) para antecipar as necessidades dos clientes. Assim, será possível detectar as demandas e os interesses de cada usuário e melhorar a sua experiência nas plataformas da Empiricus.

4 – Criamos uma nova área logada, em que o assinante poderá pesquisar com mais facilidade seus relatórios. Agora os conteúdos estão mais bem separados e existe uma área exclusiva para notificações.

5 – Contratamos um novo aplicativo para celular (a ser disponibilizado já nas próximas semanas). Com ele, os alertas serão enviados de forma rápida e sem riscos de falhar a entrega, como às vezes ocorre com os e-mails.

6 – Firmamos contrato com uma consultoria de recrutamento e treinamento de atendentes. O objetivo é evoluir a cada dia no processo de relacionamento, qualificando nossos funcionários para atenderem melhor quem realmente importa: você.

7 – Trocamos o sistema de recebimento de e-mails por uma nova ferramenta, que permite priorizar os assinantes pagos. Com isso, nossos clientes são respondidos em menos de 24 horas e sempre recebem o atendimento de nossa equipe especializada.

8 – Instauramos um comitê diário e permanente de relacionamento com o cliente e pós-venda, que conta com a participação pessoal do meu amigo e sócio-fundador Rodolfo Amstalden.

9 – Contratamos quatro novos analistas – Sérgio Oba, Ricardo Schweitzer, Luciana Seabra e José Castro –, que se juntarão à nossa equipe para produzir mais conteúdo para as assinaturas atuais e coordenar novas séries. Outros profissionais ainda virão.

10 – A cada dia os smartphones ganham mais espaço no mundo digital, não é mesmo? Pois traremos os seus relatórios preferidos para a palma da mão, na tela do seu smartphone.

 

Como pode perceber, estamos trabalhando bastante para aperfeiçoar todo o serviço da Empiricus.

Devo isso aos nossos clientes.

A decisão de fechar o Palavra do Estrategista nunca foi fácil.

Recebemos duras críticas por isso, especialmente dos leitores.

Como esta, do José.

O que vocês estão fazendo???!!! Eu hoje não assino o Palavra porque ainda estou quitando algumas dívidas e acho que não teria condições de aproveitar as dicas de investimentos. Mas leio TUDO que vocês publicam e quero assinar um dia. Não é justo me excluírem dessa forma fria e mesquinha
José P. – leitor da Empiricus

É bem verdade que o José poderia ler o Palavra mesmo sem investir nas recomendações. Tenho certeza de que as práticas compartilhadas no relatório são bastante úteis para a vida financeira de todos.

Ainda assim, entendo sua crítica.

Mensagens como a dele me fizeram refletir bastante nos últimos meses.

Ele tem razão em protestar, assim como todos os demais leitores que reclamaram.

Assim como meu professor, com a condição imposta.

Hoje reconheço que erramos ao fechar o Palavra para novos assinantes.

Se a nossa vocação é levar as melhores recomendações de investimento para todos que desejam ter acesso a elas…

… o Palavra do Estrategista precisa
estar aberto.

Deveríamos na época ter pensado em outra saída.

Se tivéssemos planejado melhor a reestruturação da empresa, se tivéssemos buscado alternativas para crescer de forma sustentável…

 

“Hipótese é uma coisa que não é, mas a gente faz de conta que é, pra ver como seria se ela fosse.”

Senhor Miagui, para Daniel San

Não adianta agora fazermos suposições sobre como poderia ter sido.

O que importa mesmo é daqui para a frente.

Vamos continuar trabalhando duro para prestar o melhor serviço de publicação de informações financeiras do Brasil.

O cliente, que acredita em nosso trabalho e segue nossas recomendações, merece dedicação total. Ele continuará sendo nossa prioridade.

Por outro lado, não deixaremos de fora quem deseja estreitar o relacionamento com a Empiricus.

Todos são bem-vindos, estamos cada vez mais estruturados para recebê-los.

É por isso que…

O Palavra do Estrategista está de volta.

Foi um pedido dos leitores.

Foi uma condição imposta pelo mestre.

Foi para isso que estamos nos reestruturando, com a rapidez e eficiência características de nossa empresa.

Um relatório que, em apenas 2 anos, gerou mais de 500 milhões de reais em riqueza para seus leitores não poderia ficar inacessível por tanto tempo.

Agir assim jogava contra a nossa vocação de democratizar o conhecimento, de levar as melhores ideias de investimentos ao cidadão comum.

Cidadãos como a Sra. Regina.

Felipe, veja o que aconteceu com sua discípula aqui ao seguir suas recomendações:
CTIP3 +21,6%, KROT3 +46%, NATU3 +43,5%, BOVA11 +12,32%
Foi o meu debut na Bolsa… aos 54 anos!!!!
Muito obrigada, não só pelas orientações mas principalmente por me dar segurança para comprar ações sem a intermediação do Banco. As análises que você e a equipe da Empiricus fazem são completas e me dão esclarecimento suficiente para fazer um investimento responsável.
Continuem assim a despeito das dores de cotovelo dos invejosos de plantão. Respondam sempre com mais competência! Beijos.
Regina L. – assinante do Palavra do Estrategista

Tenho certeza de que há muitos homens e mulheres como a Regina, apenas aguardando um incentivo para também melhorar o desempenho de seus investimentos.

Queremos abraçar todos.

Queremos também abraçar VOCÊ, afinal, este é um momento de reencontro.

Reencontro com o mestre…

Reencontro com o leitor…

Reencontro com a nossa vocação.

A partir de hoje, todos terão portas abertas para acessar o melhor relatório de investimentos do Brasil.

 

“Grandes poderes trazem grandes responsabilidades”

Tio Ben, para Peter Parker

Não tenho superpoderes, isso é óbvio, mas considero uma responsabilidade imensa escrever para 100 mil pessoas.

Aceito com gosto esta missão. Sinto-me seguro e plenamente capacitado para ela.

E não estou sozinho.

Tenho toda uma equipe ao meu lado com quem troco informações e discuto ideias.

Uma dessas pessoas é o Rodolfo Amstalden, com quem desde o início dividi o sonho de ter uma publicadora de informações financeiras independente.

O Rodolfo escreve mensalmente no Palavra, ajudando nosso leitor a planejar um futuro financeiramente tranquilo.

 

“O sustentáculo do governo Temer está, sem dúvidas, na equipe econômica – a única a merecer a insígnia dos notáveis. Meirelles, Mansueto, Parente e Maria Silvia amarram o lastro estabelecido entre Temer e o setor privado nacional.”

Rodolfo Amstalden

A outra colaboradora é a Marilia Fontes, que chegou no começo de 2016 à Empiricus e já demonstrou toda a sua competência com análises e recomendações certeiras de renda fixa.

“Temos agora no comando do BC um economista sensato, que pensa a economia para daqui a três anos. Isso me dá plena confiança de que estamos no caminho correto e prudente. Chegou a hora de investirmos nestes títulos…”

Marilia Fontes

Mas a principal novidade para esta reabertura do Palavra do Estrategista, você já deve imaginar qual é.

Ele é responsável por boa parte da minha formação.

Sempre me incentivou a ter uma publicadora de informações financeiras independente e acredita piamente na democratização do conhecimento para o cidadão comum.

Ele irá compartilhar com você durante três meses a mesma sabedoria que um dia compartilhou comigo.

Fiz questão de trazê-lo para que você tenha a oportunidade de beber da mesma fonte que eu.

De aprender diretamente com quem me ensinou.

Meu Yoda.

Paulo Tenani é professor no Curso de Mestrado Profissional em Finanças e Economia da Fundação Getulio Vargas. Ele é phD da Columbia University, onde me deu aulas, e foi estrategista-chefe do Swiss Bank e do City Bank.

Ele sempre acreditou na ideia de levar a análise independente para o investidor comum.

Realmente não faria sentido algum trazê-lo para o nosso lado sem permitir o acesso de novos leitores aos seus ensinamentos.

 

“Em um lugar escuro nos encontramos, e um pouco mais de conhecimento ilumina nosso caminho.”

Mestre Yoda

Ensinar é a vocação do Tenani. Levar as melhores ideias de investimentos – para o maior número possível de pessoas – é a vocação da Empiricus.

Estou extremamente feliz por este reencontro, e você é nosso convidado especial.

Com a participação do meu professor, a série Palavra do Estrategista fica ainda mais completa, unindo teoria e prática para a melhor formação dos leitores.

Em seu primeiro artigo, O Debate entre Diversificar e Concentrar Portfólio, o prof. Tenani o ajudará numa reflexão importante: você prefere diversificar o portfólio, como John Y. Campbell, ou concentrá-lo, como Warren Buffett?

Será que você não está pecando para um dos lados?

“Investir é saber equilibrar risco e retorno em luz de objetivos e perfis de risco. A má compreensão desse conceito responde pelos exageros no que diz respeito ao excesso de concentração e ao excesso de diversificação de portfólios.”

Paulo Tenani

Nossos assinantes aprovaram o conteúdo do relatório.

Felipe, parabéns pela iniciativa de trazer o conhecimento do prof. Paulo Tenani. Excelente artigo! Não sou economista (sou médico), mas venho desenvolvendo paixão pela jovem ciência a ponto de imaginar meus filhos nesta carreira. Grande abraço!!!
Luis S. – assinante do Palavra do Estrategista

Mesmo que os filhos do Dr. Luis não sigam a carreira de economista, o que importa de verdade é que todos saibamos administrar bem as próprias finanças.

O conhecimento do mestre Paulo Tenani será bastante útil para esse propósito.

Sua participação especial por três meses marca o retorno do Palavra do Estrategista, agora definitivamente aberto a todos os leitores.

A cada dia que passa, entendo que foi a melhor coisa que fiz quando decidi segui-los para aprender sobre investimentos. Att.
Bruno B. – assinante do Palavra do Estrategista

Mas as vantagens deste relançamento não terminam por aí.

Além de compartilhar conhecimento, a série Palavra do Estrategista tem a preocupação constante de dar boas recomendações de investimentos.

Para que o assinante vivencie nossa teoria na prática.

Produzir riqueza é a forma mais prazerosa e eficiente de praticar todo esse conhecimento.

É exatamente o que fazemos nesse relatório.

Se cada um de nossos 100 mil assinantes tiver lucrado apenas R$ 5 mil com uma de nossas recomendações, só isso já será suficiente para produzir uma riqueza total de R$ 500 milhões.

Observe que esta hipótese é absolutamente conservadora.

Os ganhos no período foram substancialmente maiores, com assinantes que embolsaram quantias de R$ 10 mil, R$ 50 mil, R$ 100 mil e até mais.

Na série, não faltam oportunidades de lucro para que você mude definitivamente de patamar financeiro.

Afinal, nossos alertas são consistentemente assertivos, tanto para lucrar quanto para evitar perdas.

 

“O destino de um é partilhado por todos.”

Mestre dos Magos

A esta altura, gostaria de sintetizar o que poderia ter sido sua caminhada financeira caso você tivesse seguido nossos alertas e recomendações – ou ao menos parte deles.

Em julho de 2014, quando publicamos O Fim do Brasil, eu recomendei a venda de ações e a compra de dólares.

Vamos imaginar, para facilitar, que você tivesse seguido apenas a recomendação de comprar a moeda norte-americana. Àquela altura, a taxa de câmbio estava em R$ 2,20.

Cerca de 14 meses depois, em setembro do ano passado, identifiquei a possibilidade de começar a investir em algumas ações. Diante do pessimismo generalizado e consensual sobre o Brasil, certas ações, de empresas de altíssima qualidade, estavam sendo negociadas a preços excessivamente baratos. Eu as chamei de “oportunidades de uma vida”.

Era o momento de se vender dólares e comprar determinadas ações. Naquela data, o dólar já estava em R$ 4,00.

Entre essas oportunidades de uma vida, estavam os papéis de Kroton, do setor educacional. Sugerimos a compra das ações em R$ 8,61.

Rapidamente, em poucos meses, os papéis voaram a R$ 13,00. Então, recomendamos trocar as ações de Kroton por aquelas de sua principal rival, a Estácio, que pareciam muito mais baratas. Naquele dia, as ações da Estácio estavam em R$ 12,22. Hoje, valem cerca de R$ 18,00.

Então, resumidamente, se você tivesse seguido a recomendação inicial de comprar dólares a R$ 2,20, poderia tê-los vendido a R$ 4,00.

Depois, também acompanhando minha sugestão, teria comprado as ações de Kroton a R$ 8,61 e as vendido a R$ 13,00. Por fim, haveria adquirido Estácio a R$ 12,22 – para vê-las hoje a R$ 18,00.

Em apenas dois anos, isso lhe renderia um lucro de +302%.

De maneira mais direta, se você tivesse investido R$ 2.200 no dólar, poderia tê-los vendido levantando R$ 4.000. Então, compraria ações de Kroton e as venderia a R$ 6.060.

Por fim, com esse dinheiro, adquiriria as ações de Estácio e hoje teria R$ 8.926.

Saindo de R$ 2,2 mil, você poderia ter, apenas dois anos depois, cerca de R$ 8,9 mil.

Se tivesse investido R$ 22 mil, teria quase R$ 89 mil.

Com R$ 222 mil, chegaria a R$ 893 mil.

Isto não é uma hipótese. É real. Aconteceu. E você poderia ter participado. Estava a seu alcance, a apenas um clique.

E representa ganhos muito superiores aos R$ 5 mil que utilizamos para estimar os R$ 500 milhões gerados pela série.

Felipe, desde que você recomendou Estácio (ESTC3), contra o senso vigente de mercado, passei a monitorar o ativo. Como estou arrependido por não ter seguido a sua recomendação. Depois do dólar, depois de Estácio, não vou ignorar mais futuras recomendações tão claramente explicadas em seus relatórios. Parabéns!
Joel A. – Assinante do Palavra do Estrategista

Observe que os acertos da série não se limitam aos exemplos acima. Eles são recorrentes.

O Marco, por exemplo, ganhou mais de 30% com Guararapes.

Sou assinante do Palavra do Estrategista. Vocês indicaram as ações da Guararapes (GUAR4), achei os argumentos coerentes e comprei alguns lotes. Estou superfeliz!
Marco A. – Assinante do Palavra do Estrategista

Já o Alberto lucrou +79% em menos de um mês com uma indicação pontual – compra de opções da Vale a R$ 0,38 com venda a R$ 0,68.

“Felipe, obrigado. A operação deu certo. Fiz uma pequena fortuna (dentro das minhas possibilidades, é claro…rsrs) com a estratégia de opções da Vale. O ano de 2016 começa com o pé direito.”
Alberto C. – Assinante do Palavra do Estrategista

O Carlos lucrou +15% em duas semanas com Cemigganho aproximado de +1% AO DIA.

“Gostaria de dizer que iniciei minha vida na BM&F Bovespa há 15 dias comprando CMIG4 e estou satisfeito com o resultado que vem apresentando, muito obrigado por compartilharem seus conhecimentos!”
Carlos E. – Assinante do Palavra do Estrategista

Sem contar os casos de clientes que deixaram de perder dinheiro com os nossos alertas. Reiteramos diversas vezes para que os papéis da Petrobras fossem vendidos.

“Felipe, gostaria de agradecer de coração por recomendar a venda de Petrobras. Se não a tivesse seguido, estaria em apuros agora, com minhas economias valendo apenas 30% do que valem. Obrigado por abrir meus olhos a tempo.”
Maria L. – Assinante do Palavra do Estrategista

Com recomendações sistematicamente assertivas, o Palavra vem antecipando os movimentos decisivos da nossa economia desde o lançamento da tese O Fim do Brasil.

Você lembra da tese?

Ao prever o colapso da economia brasileira – o que ninguém tinha coragem de afirmar na época – O Fim do Brasil gerou revolta de militantes partidários. Até mesmo a presidente Dilma e sua coligação moveram um processo contra a Empiricus no Tribunal Superior Eleitoral.

Taxada de “terrorista”, a tese O Fim do Brasil provou-se a mais realista das peças econômicas da época ao anunciar com todas as letras a recessão econômica, a morte da indústria, a ruína da Petrobras, o descontrole da inflação, a elevação da taxa de juros, o aumento do desemprego e o dólar nas alturas,…

 

“Você precisa entender, a maioria das pessoas não está preparada para despertar. E muitas delas estão tão inertes, tão desesperadamente dependentes do sistema, que irão lutar para protegê-lo.”

Morpheus, para Neo

Pergunta de 1 milhão de dólares: como vocês conseguem ser tão bons?
Acertaram antes de todos: Fim do Brasil, Derrocada da Petrobras, Alta do dólar, Virada de mão… E agora, enquanto todos mudavam de opinião a cada nova notícia, vocês sempre acreditaram na valorização da Bolsa com o impeachment!
Se não quiserem me dar as dicas, tudo bem, seguirei as recomendações de vocês e ganharei de todo jeito. Rssss
Robson Q. – Assinante do Palavra do Estrategista

O que vem agora…

Obviamente, todos esses episódios já aconteceram.

Mas o Palavra do Estrategista começa hoje uma nova fase – com a presença do mestre Paulo Tenani e de toda a equipe da Empiricus, com quem estou sempre discutindo as boas ideias de investimentos.

Não se preocupe se você não é familiarizado com o universo de ações, pois eu lhe fornecerei todo o material sobre como realizar suas operações, qual ativo comprar e em qual momento.

Neste momento, trago a melhor estratégia financeira para o 2o semestre e uma oportunidade de multiplicar seu capital imediatamente.

Você pode aproveitá-las hoje mesmo:

 

1) A MELHOR ESTRATÉGIA FINANCEIRA PARA O 2O SEMESTRE

No Palavra do Estrategista, não tentamos prever o futuro, infelizmente não tenho essa capacidade. Para obtermos os acertos recorrentes da série, foco simplesmente no potencial da recomendação.

Em termos práticos, busco oportunidades com perda pequena em caso de erro e ganhos substanciais em caso de acerto – uma assimetria convidativa ao investimento, batizada por Nassim Taleb como “antifrágil”.

É com base na antifragilidade que monto portfólios de investimentos e faço recomendações aos meus clientes.

A antifragilidade foi minha referência central para montar a melhor estratégia para o 2o semestre.

Ao receber meu relatório sobre essa estratégia, você terá acesso a ideias fundamentais para investir HOJE MESMO, com recomendações precisas e fáceis de serem seguidas.

 

2) A OPORTUNIDADE CERTEIRA PARA MULTIPLICAR SEU CAPITAL

O menor valor possível que uma ação pode atingir é zero. Já as possibilidades de ganho são literalmente infinitas.

Minha busca permanente é pelos melhores papéis para aproveitar ao máximo esse componente antifrágil do mercado de ações.

Ao assinar hoje a série, você saberá de cara qual é a minha MAIOR aposta para o 2º semestre.

Falo da oportunidade certeira para multiplicar seu capital.

Fizemos um relatório especialmente para analisar esta empresa. É importante que você leia o relatório e siga a recomendação o quanto antes.

Quando recomendei Estácio, dois meses atrás, alguns leitores acharam melhor esperar um pouco antes de efetuar a compra.

Só que as ações subiram mais de 40% desde então, e alguns perderam toda essa disparada.

É claro que não há como saber a data certa de uma grande alta.

Mas podemos, sim, encontrar os papéis antifrágeis, que estão prontos para disparar a qualquer momento.

Foi o que aconteceu com a Estácio. É o que deve acontecer a esta nova recomendação, que se encontra em excelentes condições de compra.

Na verdade, os papéis da empresa já sofreram uma pequena valorização inicial – pouco perante o que está por vir.

Por isso, peço agilidade para que não deixe essa oportunidade escapar.

Não quero de forma alguma que você tenha a mesma frustração de quem ignorou Estácio.

O que você precisa para aproveitar esta oportunidade

Antes de aceitá-lo como membro nesta nova fase do Palavra do Estrategista, preciso que responda às três perguntas abaixo.

São perguntas simples, rápidas e fundamentais para darmos o próximo passo, prático.

É indispensável que responda “sim” a todas elas, como condição para enquadrá-lo nas garantias atreladas à oportunidade em questão:

 

# Questão 1: Você está disposto a gastar 20 minutos a cada 15 dias fora de sua zona de conforto?

A oportunidade que vou lhe apresentar não envolve riscos desnecessários ou instrumentos financeiros complexos.

Somente vou recomendar aplicações normais, com boa liquidez de negociação e de fácil acesso.

E como você estará apenas seguindo as oportunidades de aplicação regulares, não precisará de contas especiais para capitalizar as recomendações do Palavra do Estrategista.

Você pode usar uma corretora à sua escolha, caso prefira, ou mesmo o seu banco.

A única coisa que lhe peço é para acompanhar os alertas que virão de 15 em 15 dias em seu e-mail. Não nos responsabilizaremos por recomendações que não forem seguidas ou ignoradas.

As instruções serão simples e diretas. Você não precisará de mais do que 20 minutos para entender e aplicar cada uma delas. Apenas peço que reserve esse tempo para segui-las.

 

# Questão 2: Você está disposto a dedicar os recursos necessários para extrair o máximo de valor desta série?

Uma das vantagens do Palavra do Estrategista é que – porque você estará apenas fazendo aplicações convencionais – não precisará desembolsar um grande montante de capital para investir o seu dinheiro.

No entanto, eu recomendo fortemente que, caso você queira extrair o máximo dessas oportunidades, tenha à disposição pelo menos R$ 5 mil para seguir as recomendações.

Estamos lidando com a possibilidade de multiplicação de valor de forma que, para mudar o seu padrão financeiro para sempre, seria ideal ter montante próximo ou superior a isso para gerarmos rapidamente um retorno significativo.

 

# Questão 3: Você está levando isto a sério?

Falei no decorrer deste texto sobre a possibilidade de multiplicação de capital, e isso naturalmente mexe com o emocional das pessoas, gerando excitação.

Mas estamos próximos de atingir o ponto de transformar palavras em ação.

O que quero dizer especificamente é que, se estiver disposto a agir sobre estas oportunidades recomendadas, você precisa levá-las muito a sério e se dedicar a elas.

Preciso de seu mínimo comprometimento, para que também seja capaz de obter os mesmos resultados expressivos que nossos assinantes tiveram até então.

 

“A madeira deve temer sua mão… não o contrário.”

Pai Mei

Se você respondeu “sim” a todas as perguntas, considere-se pronto para colocar tudo isso em prática.

Você pode começar a ganhar com o Palavra do Estrategista imediatamente após aceitar este convite.

O lucro que terá apenas com essa oportunidade imediata é mais do que suficiente para cobrir todo o valor de adesão à série.

Tenho convicção de que algumas pessoas podem lucrar milhares de reais, talvez milhões, apenas com essa oportunidade e com a estratégia proposta…

“Felipe, boa tarde. Escrevo para agradecer a vocês pelo excelente trabalho. Graças às orientações da Empiricus, consegui nos últimos 12 meses exatos 31,53% com meus investimentos! E o rali do impeachment mal começou!
Graças a esses rendimentos, minha família está mais protegida da crise, assim como nossos sonhos para quando passar tudo isso.”
Victor V. – Assinante do Palavra do Estrategista

 

Cinco motivos para não perder esta chance única
Por apenas R$ 12,00 por mês, você receberá:

 

1) Relatório quinzenal Palavra do Estrategista, que o ajudará a blindar e multiplicar seu patrimônio, especialmente neste período de transição do governo, em que inúmeras oportunidades se apresentam para quem estiver devidamente preparado;

2) Texto com a A MELHOR ESTRATÉGIA FINANCEIRA para o 2º semestre, para que comece a lucrar imediatamente com as nossas recomendações;

3) Texto com a OPORTUNIDADE CERTEIRA PARA MULTIPLICAR O CAPITAL IMEDIATAMENTE, com toda a análise sobre o ativo recomendado, para que você siga as instruções confortavelmente;

4) Textos quinzenais do prof. Paulo Tenani, para que você beba diretamente da fonte todo o conhecimento que ele um dia compartilhou comigo;

5) Atualizações quinzenais de Marilia Fontes, para que faça os melhores investimentos de Renda Fixa;

6) Relatórios mensais de Rodolfo Amstalden, para que você tenha um passo a passo completo sobre como preparar um futuro seguro sem depender do governo; e

Dois bônus especiais:

– Bônus especial 1: newsletter DailyPRO, com tudo o que precisa saber diariamente, nas primeiras horas da manhã, direto em seu e-mail. O Daily conta com a participação de todos os analistas da Empiricus e traz uma visão dos impactos para o seu bolso dos eventos mais relevantes do dia.

– Bônus especial 2: Acesso ao acervo completo do Palavra do Estrategista, com todos os relatórios escritos por Rodolfo, Marilia, Prof. Tenani e por mim.

Por que tão barato?

Por esse preço eu não estaria depreciando o meu produto?

Em termos práticos, desenhamos um valor que permita que você simplesmente experimente a série, para ver se ela realmente se enquadra na sua pretensão.

Além disso, desde a concepção do Palavra do Estrategista, pensamos em um produto cujo conteúdo seja acessível a qualquer pessoa, de modo a potencializar seu poder econômico.

E estou convicto de que, em conjunto, os leitores que acompanharem a série e aplicarem suas ideias protegerão milhares de reais em patrimônio e ganharão outros milhões. Muito mais do que eu faria sozinho.

É por isso que, por meio desta mensagem, nós estamos reabrindo a série Palavra do Estrategista por um valor tão barato.

Apenas 12 parcelas de R$ 12,00 na assinatura anual somente nesta oferta de reabertura do Palavra.

Note que, em nossa loja on-line, o preço convencional da assinatura é R$ 15,00.

Caso prefira o pagamento à vista, ainda receberá mais 10% de desconto.

Este é o primeiro lote de relançamento do relatório Palavra do Estrategista, exclusivo aos já leitores da Empiricus. A oferta, nesses termos, será encerrada em alguns dias.

Fique à vontade para ponderar esta oferta, e você verá que não há risco algum.

Isso porque, durante os primeiros 20 dias, caso você leia meu material e, por alguma razão, entenda que ele não atende a seu perfil, basta solicitar a interrupção da assinatura e terá o seu dinheiro reembolsado.

Em outras palavras, ao concordar com os termos aqui apresentados, você estará apenas aceitando experimentar meu trabalho para ver se gosta — mas com acesso na íntegra tanto à melhor estratégia financeira para o 2o semestre como à oportunidade certeira de multiplicar seu capital imediatamente.

Para que você comece a lucrar a partir de hoje mesmo.

 “A cada dia que passa entendo que foi a melhor coisa que fiz quando decidi segui-los para aprender sobre investimentos. Att.”
Bruno B. – Assinante do Palavra do Estrategista

Eu espero que você considere minha oferta seriamente.

Do fundo do coração, tenho convicção de que esta será uma das melhores decisões financeiras que você tomará em toda a sua vida.

Para começar, simplesmente clique em um dos botões abaixo, que irá levá-lo a uma página para confirmar a sua assinatura.

Sua ordem será processada imediatamente, e você terá acesso a todo esse nosso trabalho na mesma hora.

Lucre AGORA MESMO com a melhor estratégia para o 2o semestre e a oportunidade certeira para multiplicar seu capital.

 

“Eu sabia que conseguiria!”
Mickey Goldmill

Três anos para você lucrar o máximo

Temos 15 analistas líderes em performance, 100% dedicados a levar até o leitor as principais ideias de investimento.
Mas essas ideias só funcionam integralmente se você consegue casar com elas – ou seja, carregá-las durante prazos relevantes.
Pensando nisso, fizemos uma pesquisa amostral junto à nossa base de leitores, formada desde a fundação da Empiricus, em 2009.
Os resultados dessa pesquisa podem ser resumidos em uma importante conclusão:
Os maiores ganhos são obtidos por leitores que carregam as posições recomendadas por três anos ou mais.
Nada impede que você faça trades de um mês ou de um ano; essa decisão cabe exclusivamente a você, de forma autônoma.
Estamos apenas informando, com base na pesquisa, que a persistência costuma ser muito bem recompensada pelo mercado.
Quanto mais você sustenta suas convicções de investimento, menores os custos, menores os riscos e maior o retorno final.
De forma a incentivar o alinhamento temporal mais lucrativo para nossos leitores, os analistas da Empiricus atropelaram o departamento de marketing e criaram um plano promocional.
Convencidos do ganha-ganha, os sócios Caio, Felipe e Rodolfo assinaram embaixo.
Decidimos por garantir o Acesso Vitalício a esta e outras séries da Empiricus pelo preço equivalente a apenas três anos de assinatura.
Não estamos fazendo caridade.
Como somos analistas independentes, o seu melhor interesse é também nosso melhor interesse.
Lucramos na exata medida em que nossos leitores lucram.

Um forte abraço,
Felipe Miranda
Sócio-fundador da Empiricus Research

 

Informações Importantes:

Os conteúdos da Empiricus visam informar o seu destinatário sobre matérias relacionadas a economia, finanças e investimentos. A Empiricus se exime de qualquer responsabilidade sobre eventuais prejuízos que o destinatário de seus conteúdos tiver em decorrência da sua tomada de decisão. Embora a Empiricus forneça informações sobre investimentos, fundamentadas sob avaliação criteriosa, não se pode antecipar comportamentos. Padrões, histórico e análise de retornos passados não garantem rentabilidade futura. Todo investimento financeiro, em maior ou menor grau, embute riscos que podem ser mitigados mas não eliminados. A Empiricus alerta para que nunca sejam alocados em renda variável aqueles recursos destinados a despesas imediatas ou de emergência, bem como valores que comprometam o patrimônio do assinante. A Empiricus é uma publicadora de conteúdos, totalmente dissociada do sistema de distribuição de valores mobiliários, e, por conseguinte, não obtém nenhum tipo de receita advinda de comissões, corretagens ou emolumentos sobre montantes eventualmente aplicados. A Empiricus zela pelo direito de privacidade dos seus leitores.


A Empiricus foi fundada em 2009 com um objetivo: levar conteúdos financeiros independentes
e de qualidade para a pessoa física.

Hoje, nossa equipe conta com mais de 200 colaboradores.
Afinal, somos uma empresa de pessoas e produzir conteúdo relevante para a sua vida financeira não é tarefa fácil.

Mas a Empiricus não é apenas a sua equipe, somos os mais de 180 mil assinantes das publicações.
Para conhecer algumas dessas histórias, acesse https://www.empiricus.com.br/depoimentos

Se quiser saber mais sobre a Empiricus, acesse nosso site em www.empiricus.com.br ou envie um email para relacionamento@empiricus.com.br.

A Empiricus apoia

 

Uma empresa associada à Agora Companies


Maior grupo de publicações financeiras do mundo, com mais de 2.700.000 assinantes

Empiricus
CNPJ 11.431.155/0001-07
Copyright © 2009 – 2019

Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.477
Torre B - 10º Andar
CEP 04538-133 - Itaim Bibi - São Paulo

Relacionamento com o assinante
Telefone(s): 4003-3117 | 4003-3118
(ligação local)