Espere… você tem mais 5 minutos?

Em algumas linhas, vamos te propor um último presente especial como forma de gratificação por se tornar membro da série XXX.

Caso queira abrir mão desta oportunidade e ir direto ao conteúdo que acabou de adquirir, basta clicar aqui.

Veja a mensagem que temos para você:

Atenção: a Empiricus prioriza a preocupação com a saúde de seus assinantes, leitores, colaboradores e familiares. Fique em casa e proteja sua família. Paralelamente, também é importante pensar em proteger o patrimônio da sua família, dado o impacto que economias, empregos e mercados estão sofrendo. E isso pode ser feito da sua casa, pelo celular ou computador. Esse é o motivo da oportunidade que trazemos hoje para você.
Retornos passados não são garantia de retorno futuro. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

Nos últimos dias, enquanto alguns investidores viam seu patrimônio derreter...

Esta carteira gerou lucros pontuais de até +101,97% aos seus seguidores.

Veja abaixo a quais oportunidades esse grupo restrito teve acesso

Sua vida mudou.

A minha vida mudou.

Com a crise do coronavírus, não sabemos quando nossa velha rotina vai voltar.

Mas uma coisa eu sei que não mudou:

Você ainda tem seus sonhos, seus planos, seus objetivos.

Ainda deseja um futuro com segurança e liberdade financeira para você e sua família, sem abrir mão de viver bem no presente.

É por isso que você deve assistir a esse vídeo com atenção redobrada.

Veja, desde o último pico até agora, a Bolsa brasileira caiu -38%.

Individualmente, boa parte das ações caiu ainda mais: -62%, -53%, -40%.

A maioria das pessoas ainda está perdendo muito dinheiro.

Por outro lado, a mesma crise está abrindo algumas oportunidades raras e bem pontuais de multiplicação de capital.

Estou falando de valorizações de até +101,97%, como acabei de pegar.

Não, eu não estou menosprezando as dificuldades do cenário atual.

Muito pelo contrário.

O momento ainda pede muita cautela, tanto nas questões de saúde quanto nas financeiras.

Acredito que as coisas vão melhorar sim, mas antes de melhorar, podem piorar muito.

Nas últimas semanas, o foco da Empiricus tem sido proteger o patrimônio dos nossos 350 mil assinantes.

Não vamos baixar a guarda.

Isso não significa fechar os olhos para oportunidades que já estão surgindo neste momento.

Oportunidades pra investir agora e ter a chance de ganhar bastante dinheiro lá na frente.

Sim, a meta é o longo prazo.

Mas nada impede de pegarmos algumas oportunidades pontuais de curtíssimo prazo, que já estão acontecendo.

Nos dias 18 e 19 de março, por exemplo, eu selecionei cinco ativos de renda variável.

Pouco tempo depois, no dia 23, a Bolsa brasileira caiu pra casa dos 63 mil pontos, a mínima desde o início da crise.

Mesmo ao longo desses dias de banho de sangue nos mercados, os cinco ativos renderam:

(Valorização até 24/03)


A volatilidade continua elevada.

Talvez todos os ganhos dessas operações sumam no curto prazo com novas quedas, pra depois voltarem lá na frente.

Ou pode ser que a Bolsa suba, alimentando ainda mais nossas recomendações.

Também podemos precisar vender alguns dos ativos pelo caminho, para gerenciar riscos e equilibrar a carteira.

Eu não estou te prometendo lucro aqui.

Afinal, não tenho como prever o comportamento do mercado, especialmente numa crise sem precedentes.

Ninguém tem.

Mas eu posso te provar uma coisa:

É justamente nos momentos de pânico que surgem as maiores oportunidades pra construir riqueza a longo prazo.

Meu nome é Rodolfo, e sou sócio-fundador da Empiricus.

Nós já passamos por outras quedas violentas da Bolsa ao longo desses 11 anos de empresa, e também antes disso, como profissionais do mercado.

Temos experiência para reagir a essas situações.

Mais do que isso:

Temos ganhos muito significativos pra mostrar com nossas recomendações, mesmo sem nos expor a aventuras e riscos irresponsáveis:

Retornos passados não são garantia de retorno futuro. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

Nos próximos instantes, eu vou revelar pra você todos os ativos da minha carteira de recomendações.

E eu vou abrir essa lista pra você, sem que você assuma compromisso algum comigo agora.

Exatamente.

Você vai poder olhar todos os ativos sem precisar me pagar nada por isso num primeiro momento.

Incluindo meu portfólio de ações.

Assim, você pode ao menos conhecer a oportunidade com seus próprios olhos e depois decidir se quer fazer parte dela ou não.

Você não precisa ser um expert em finanças, nem ter um capital muito grande.

Também não importa se você está começando a investir agora.

Estou falando de uma estratégia de investimento fácil de executar, com potencial de retorno consistente em longo prazo e perfil de risco moderado.

Com essa estratégia, eu fui o primeiro especialista no mercado brasileiro a identificar o potencial das ações do Banco Pan (BPAN4).

Isso foi em 2017, quando elas valiam menos de R$ 1,50.

Quem colocou dinheiro nesta ação viu o aporte original se multiplicar por 8 vezes.

Em pouco mais de 2 anos, pra cada R$ 1 mil que meus leitores investiram na ação do Banco Pan, eles colocaram no bolso
R$ 8.425.

A essa altura, você já percebeu que até mesmo numa crise existem grandes oportunidades.

E como te falei, elas já estão aparecendo.

Mas para você aproveitá-las, conto com sua responsabilidade para seguir as instruções que o momento exige.

Peço que continue comigo apenas se estiver de acordo com todos esses pontos:

1 - Ninguém sabe até onde a crise vai. As coisas ainda podem piorar bastante antes de melhorar.

Por isso, estamos olhando apenas algumas oportunidades muito pontuais.

Ativos que acreditamos serem capazes de sobreviver à crise e que estão com preço de entrada interessante.

Ou, ainda, ativos que podem oferecer ganhos de curto prazo sem nos expor a riscos desmedidos.

2 - Sim, nós trabalhamos duro para diminuí-los, mas todo investimento oferece riscos.

Você também precisa estar ciente de que a Bolsa ainda pode cair mais antes de voltar a subir de forma consistente.

Quem tiver serenidade para atravessar essa fase, poderá colher os frutos lá na frente.

3 -
Eu vou abrir pra você todos os ativos da minha carteira.

Porém, você deve ir montando suas posições aos poucos.

Ainda não é o momento de ser agressivo.

Idealmente, compre pequenas quantidades, de preferência nos dias em que o mercado cair.

Nós vamos avisá-lo sempre que uma boa janela de preço se abrir.

4 - Não coloque um dinheiro que você possa precisar nos próximos meses.

Não sabemos quanto tempo ficaremos em casa e quais serão os desdobramentos da crise do coronavírus.

Portanto, sua reserva de emergência deve ser preservada.

Agora que você está ciente desses pontos, podemos prosseguir.

Pagar pouco por algo que vale muito

Comprar bem é fundamental pra se ganhar dinheiro no mercado.

Acontece que é raro encontrar ativos realmente bons por preços descontados.

Nas crises, isso muda.

Quando o pânico bate à porta, a racionalidade sai pela janela.

A maioria dos investidores corre pra vender suas ações.

Ativos bons e ruins acabam caindo por igual, já que há mais vendedores visando o curto prazo do que compradores mirando o longo prazo.

Essa assimetria abre a chance de comprar ativos de qualidade pagando muito menos do que eles realmente valem.

Só que essa distorção é temporária.

A tendência é o preço dos bons ativos se recuperar.

Quando isso acontece, produz lucros fenomenais pros investidores que pagaram preços descontados e, principalmente, tiveram paciência para aguardar.

A recuperação pode levar anos, e tudo bem, o retorno compensa a espera, mas também pode levar apenas alguns meses - até mesmo dias.

Em investimentos, eu não acredito em fórmulas.

Mas se tem uma receita básica que os grandes milionários e bilionários da Bolsa do mundo inteiro seguem, é essa:

Aproveitar oportunidades cirúrgicas de comprar ativos de qualidade, pagando pouco...

… E segurar o investimento por mais tempo possível.

Vou te mostrar um caso real pra demonstrar o que estou falando.

A última crise econômica global foi a de 2008, causada pelo estouro da bolha imobiliária nos EUA.

As Bolsas derreteram mundo afora.

Em 30 de maio de 2008, o preço das ações do Banco do Brasil era R$ 15,06.

No dia 15 de setembro, o banco Lehman Brothers quebrou.

Em vários países, investidores começaram a desovar seus papéis de instituições financeiras, derrubando os preços, inclusive aqui.

No dia 21 de novembro, as ações do BB atingiram o ponto mais baixo: R$ 5,47.

Muita gente entrou em desespero.

Já outras pessoas aproveitaram a oportunidade de comprar uma ação de qualidade pagando bem menos do que ela valia.

E, preciso dizer, ganharam muito dinheiro fazendo isso.

Em setembro de 2009, a ação já tinha voltado pra casa dos 15 reais.

Quem comprou Banco do Brasil na queda teve um lucro de +178%.

Quase triplicou seu investimento, apenas com a recuperação do preço das ações.

Mas não ficou apenas nisso.

No longo prazo, o preço da mesma ação atingiu um pico de 52 reais.

+850% de lucro pra quem comprou quando o preço desabou e carregou o investimento por mais tempo…

Mesmo quem comprou antes da crise, aos 15 reais, e não vendeu suas ações, teve a chance de embolsar +242% com a valorização do ativo.

Já quem vendeu durante o pânico do curto prazo amargou o prejuízo.

A crise de 2008 deixou outros exemplos:

Recuperação em 10 meses e lucro de +134% com essa ação aqui…

+133% de lucro em 11 meses com essa outra…

E mais +127% de ganho em um ano com essa aqui…

Todos os ativos que você acabou de ver tinham algo em comum:

Eram ações de empresas sólidas, com resiliência para atravessar crises, e estavam com o preço temporariamente muito baixo.

Isso acontece porque...

Na crise, preço não é sinônimo de valor

Numa queda generalizada, o preço de mercado da ação raramente corresponde ao valor real da empresa.

Te dou como exemplo uma empresa que você conhece, a Petrobras.

No último dia 26 de fevereiro, quarta-feira de cinzas, as ações da companhia caíram -10,05%.

Falando em dinheiro, isso produziria a manchete:

“Petrobras perde 35 bilhões de reais em valor de mercado”.

Mas o que isso significa realmente?

Apenas em 2019, a empresa lucrou 36,9 bilhões de reais.

Ou seja, o mercado precificou que o estrago do coronavírus irá custar praticamente um ano inteiro de lucros à Petrobrás.

Isso pode acontecer?

Tudo pode acontecer, embora esse não seja o cenário mais provável.

Tanto que o preço da ação caiu ainda mais nos dias seguintes…

(fonte: G1 Economia)

Mas cá entre nós….

Entre os ativos da companhia estão 10 bacias de exploração de petróleo, 15 refinarias, 20 usinas termelétricas, 48 terminais de oleodutos, 9 mil quilômetros de gasodutos, 2 fábricas de fertilizantes…

Será mesmo que todo esse patrimônio se desvalorizou R$ 91 bilhões em tão poucos dias?

É claro que não.

Não estou afirmando que as ações não deveriam ter caído, afinal todas as empresas vão sentir os efeitos dessa crise.

Também não estou dizendo que elas não possam cair mais.

Essa possibilidade existe.

O que eu sei mesmo é que uma empresa como a Petrobras vai sobreviver e se recuperar.

Ela produz petróleo cru, combustíveis, lubrificantes, petroquímicos para a indústria, defensivos agrícolas, gás natural, gás GLP…

Você acha que ninguém mais vai usar esses produtos quando a crise passar?

Pelo contrário.

Veja, os casos que eu acabei de mostrar não são uma recomendação de investimento.

Não estou dizendo que você deve comprar essas ações.

São apenas exemplos de como bons ativos podem sofrer desvalorizações brutais, abrindo oportunidades mesmo numa crise.

Agora, uma coisa precisa ficar bem clara:

Não basta sair caçando na Bolsa ações com valores muito descontados.

Saber quais empresas têm fundamentos para se recuperar e gerar lucros, e quais ficarão pelo caminho não é tarefa fácil.

Ativos ruins podem simplesmente virar pó.

Por isso, temos muita prudência e diligência na seleção dos ativos que entram na nossa carteira.

Você também precisa saber que para construir riqueza de verdade...

O longo prazo é insuperável

Sou adepto da estratégia Buy & Hold.

Literalmente, "comprar e segurar".

Quanto mais tempo você estiver disposto a investir em um fundo, um imóvel, uma empresa ou um título, melhores serão suas chances de ganhar com essa aplicação.

Eu busco ativos capazes de atravessar os próximos 10 anos, não importa o que ocorra nos próximos 10 meses.

Quando olhamos o mercado apenas no curto prazo, eventos negativos viram grandes tragédias.

Já no horizonte de tempo adequado, até mesmo as grandes crises se tornam apenas percalços.

É assim nos EUA…

E também no Brasil:

É por isso que devemos fazer escolhas inteligentes e ficar com elas o máximo de tempo possível.

Assim, não dependemos tanto de sorte, conjuntura externa e questões políticas.

Vou te dar um exemplo disso com duas ações bem conhecidas.

Novamente, isso não é uma recomendação de investimento, apenas um estudo de caso.

Desde o Plano Real até o começo de 2020, as ações da Ambev subiram +33.256% contra +3.167% da própria Bolsa.

Já as ações do Banco Itaú subiram +33.137% no mesmo período.

Ao longo do caminho, essas ações passaram por incontáveis quedas no curto prazo ao longo.

Mas quem segurou as ações tornou-se milionário.

Um investimento de R$ 10 mil se transformou em uma fortuna de 3,3 milhões de reais.

É claro que isso não acontece com qualquer ação...

Para atravessar o tempo com sucesso, é preciso qualidade

Eu não escolho uma ação pelo nome, porque a empresa é famosa ou porque ela domina uma tecnologia da moda.

Para o investimento de longo prazo, o que eu gosto mesmo são de empresas "coxinhas".

Aquele negócio sem muito glamour, mas que gera um caminhão de dinheiro para seus acionistas todo ano.

Uma empresa com margens saudáveis, poucos concorrentes e em setores seculares, de preferência com alta barreira de entrada.

São ativos desse perfil que procuro para os membros da minha série.

Isso não significa que buscamos oportunidades apenas na Bolsa.

Eu adoto o conceito de carteira de investimento.

Ou seja, eu indico não apenas quais ativos comprar, mas também oriento exatamente quanto do seu patrimônio precisa estar alocado em cada tipo de ativo.

Renda fixa…

Ações…

Fundos Imobiliários…

Ativos de proteção...

Mais do que uma lista de ações, eu vou te liberar acesso à um portfólio de investimento e um programa completo de criação de riqueza, capaz de transformar a sua vida.

Isso tudo é o resultado de inúmeros anos dedicados a estudar e a viver as finanças.

De viagens cansativas a incontáveis encontros com investidores.

Hoje, eu estou aqui para abrir tudo isso pra você.

Sim, eu tenho uma proposta pra te fazer agora:

1. Vou te dar acesso total ao meu programa de investimento, incluindo a lista de ações e demais ativos selecionados da minha carteira.

São os ativos que, acredito, têm mais potencial pra atravessar essa crise e entregar valorizações significativas lá na frente.

Além disso, você terá acesso a todas as novas oportunidades pontuais de ganho que eu detectar.

2. Você verá o nome de todas as ações, além do material de apoio para fazer seus investimentos, sem precisar pagar nada por isso num primeiro momento.

3. Se a média de retorno da carteira não for positiva em 12 meses, me comprometo a dar acesso às minhas indicações de investimento de forma vitalícia para você, inteiramente de graça.

Tudo bem simples e transparente:

Se a oportunidade der certo, e acredito que vai dar, você poderá fechar 2020 com lucro.

E caso a oportunidade não se provar lucrativa nos próximos 12 meses, você terá acesso gratuito ao conteúdo pelo resto da sua vida.

Isso não significa que estou te garantindo lucro.

Apenas acredito que temos em mãos um portfólio resiliente, capaz de atravessar essa crise e sair mais forte dela.

Acredito nisso a ponto de oferecer meu trabalho pra você de graça, pra sempre.

Percebe o que está acontecendo aqui?

Coloquei minha própria pele em jogo para que você fique plenamente confortável em aceitar minha proposta.

Tudo o que você precisa fazer é se tornar membro da minha série, chamada PRP.

Nos últimos 3 anos, os assinantes do PRP tiveram a oportunidade de engordar seu patrimônio com lucros bastante expressivos.

Agora, o momento é muito mais desafiador.

Mais do que nunca, acredito que as oportunidade estratégicas que podem surgir daqui por diante não devem ser ignoradas.

Eu realmente quero que você tenha acesso a elas.

Por isso, eu vou abrir 20 dias de acesso sem compromisso à série.

Você terá acesso imediato e poderá conhecer agora toda a lista de ativos por minha conta.

Também poderá usar todo material de apoio para realizar seus investimentos de forma descomplicada e segura.

Se você quer participar disso, sugiro que faça HOJE.

Tudo o que estou te oferecendo afeta diretamente o caixa da minha empresa.

Por isso, essa proposta não ficará aberta muito tempo, e esse vídeo será retirado do ar.

Aceitá-la é uma decisão puramente racional, já que você terá os primeiros 20 dias pra conhecer tudo, sem compromisso.

São 20 dias liberados, nos quais você poderá acessar todo o material livremente.

Entre, experimente, e decida depois se quer continuar comigo e seguir minhas instruções de investimentos para proteger e multiplicar o seu patrimônio.

Além disso, eu e a Empiricus estamos colocando a pele em jogo caso você não obtenha lucro com essa carteira nos próximos 12 meses.

É isso mesmo.

Se em 12 meses a média da carteira não for positiva, você vai receber o acesso VITALÍCIO à série.

Vamos trabalhar de graça pra você para sempre, sem custo adicional algum.

A oportunidade está bem nas suas mãos agora.

Ao clicar no link ou no botão aqui embaixo, você pode checar todos os detalhes de como vai funcionar esta série e todos os bônus inclusos enquanto essa proposta estiver no ar.

Acesse o PRP

Lembrando que a carteira será disponibilizada em alguns instantes e estará aberta por nossa conta pelos primeiros 20 dias.

Em nossa loja virtual, você pagaria 12 x R$ 270 pela assinatura anual.

Mas você não vai precisar pagar esse valor.

Acredito que situações fora do comum exigem atitudes fora do comum.

Por isso, para ter 12 meses de assinatura, você pagará apenas 12x de R$ 83,25, com 10% de desconto no pagamento à vista no cartão.

Lembrando que você pode solicitar a interrupção da sua assinatura em até 20 dias, e terá 100% do valor pago reembolsado pra você imediatamente.

Acesse o PRP

Ou seja, você destrava o seu link de acesso

Tem tempo suficiente para acessar a lista das ações e todos os outros ativos sem qualquer compromisso…

… e, caso entenda que a série não é para você, solicita a interrupção do acesso em até 20 dias e terá TODO o seu dinheiro gasto conosco reembolsado.

Portanto, você não tem nada a perder neste momento em clicar no botão abaixo e liberar seu acesso agora mesmo.

Eu sei que as correções e crises do mercado doem.

Mas a partir de hoje elas não precisam mais ser tão dolorosas pra você.

Você também não vai precisar mais ficar em pânico se o mercado estiver caindo em um determinado dia, semana ou mês.

Porque mais do que chances pontuais de lucro, você terá um plano financeiro sólido para seguir.

Um mapa para não só atravessar essa crise, mas pra sair mais forte dela, e preparado para as oportunidades que vão surgir pelo caminho.

Um abraço

Acessar o PRP

Dúvidas na escolha do plano?

Estamos aqui para ajudar