Retornos passados não são garantia de retorno futuro. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

“Seja medroso quando todos são gananciosos
e ganancioso quando todos são medrosos”
- Warren Buffett

Olá. Meu nome é Caio Mesquita.

Há quase 12 anos, eu fundei, junto ao Felipe Miranda e ao Rodolfo Amstalden, a Empiricus Research, a primeira casa de pesquisa independente voltada a investimentos do Brasil.

Segundo nossos estudos, o que vai acontecer no Brasil nas próximas semanas pode acelerar muito o processo de enriquecimento de algumas pessoas.

Aquelas que se posicionarem nos investimentos que vão se beneficiar da reabertura econômica brasileira e aqueles muito penalizados nos últimos dias, que devem sofrer correções súbitas.

Segundo o estrategista-chefe, Felipe Miranda, poderemos ver alguns investimentos andarem em poucos dias, o que demoraria anos em momentos normais.

Ou, em outras palavras, acreditamos que essa é a maior chance de fazer dinheiro dos últimos 6 anos no Brasil.

E, a fim de alertar ao maior número de brasileiros sobre o que está por vir, compartilhamos essa mensagem hoje de forma institucional e pública.

Neste documento, vamos passar as devidas instruções para proteção e multiplicação do capital dos brasileiros. São 3 coisas que devem ser feitas para tal objetivo.

Portanto, se você possui o desejo de multiplicar seu capital, peço apenas uma coisa: paciência para conhecer a tese completa.

Conto com o seu comprometimento de que as instruções aqui contidas serão seguidas à risca.

Não nos responsabilizamos por nenhuma decisão individual que você executar com o seu dinheiro.

Respondemos apenas pelas recomendações da casa.

#

E por que seguir essas recomendações?

Hoje, a Empiricus é referência em recomendações de investimentos, contando com 415 mil leitores diariamente.

Chegamos a um tamanho que nem nós mesmos aventávamos quando da criação da Companhia. Agradeço todos os dias por isso. Aos leitores e a nossos profissionais – seria impossível chegar aqui sem tamanhas competência e paixão. É a nossa vocação, de fato.

Ajudamos milhares de brasileiros a ganhar dinheiro desde 2009, mas com maior relevância a partir de 2014, quando ficamos um pouco conhecidos nacionalmente pela autoria da tese O Fim do Brasil.

Naquele momento, alertamos nossos leitores, por exemplo, a evitar as ações da Petrobras, pouco antes do início de seu derretimento. Também recomendamos vender ações de construtoras às vésperas de problemas emblemáticos de estouro de orçamento, parcerias mal feitas e de práticas que desrespeitavam os acionistas minoritários. Evitamos com isso prejuízos da ordem de até 90%.

Muita gente que não deu bola para o nosso alerta à época sofreu esse tipo de prejuízo.

Por outro lado, ao seguir nossas instruções, alguns de nossos leitores enriqueceram apostando na queda das ações de Petrobras e de grandes incorporadoras.

E milhares de pessoas ganharam bom dinheiro seguindo a recomendação de comprar dólar a R$ 1,90 e depois vender quando a moeda ultrapassou os R$ 4.

Em outras palavras, nossos assinantes puderam lucrar no ambiente extremamente desafiador para o mercado de capitais. E, depois, no ambiente de alta da Bolsa, quando saímos dos 37 mil pontos e batemos 120.

Nesse período, de 2015 até o início de 2020, nossas indicações de ações bateram o Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira em mais de 5 vezes.

Que seja de meu conhecimento, não há uma única empresa de pesquisa ou análise no Brasil com histórico tão consistente de acerto em suas recomendações de investimento aos clientes.

Aqui cito apenas exemplos mais contundentes. Poderia perder um tempo enorme na lista de acertos. Mas eu não escrevo este texto para isso.

Faço referência à capacidade de fazer nossos assinantes ganharem dinheiro em diversos cenários e de formas diferentes tão somente por uma questão: há uma grande oportunidade por vir.

E queremos ser os responsáveis pelo enriquecimento de ainda mais brasileiros que estão ouvindo essa mensagem agora.

Portanto, sem nenhum comedimento, eu afirmo:

Projetamos a mais importante janela para aceleração do processo de enriquecimento que você poderia ter, pelo menos dos últimos 6 anos. Ela está aí, batendo à nossa porta.

O que deve acontecer nos próximos dias e semanas aqui no Brasil pode fazer alguns brasileiros ganharem a grana que, em tempos normais, levariam décadas para acumular.

Veja, a primeira coisa que pode vir à sua cabeça é que isso é uma grande mentira.

Que eu estou falando um negócio exagerado, e que a minha real intenção aqui é tirar o seu dinheiro.

E quer saber?

Eu não te culpo por isso…

A maioria das pessoas está condicionada a pensar dessa maneira.

Por um motivo simples: porque elas nunca ganharam isso.

Esse fenômeno comportamental tem nome: WYSIATI.

Ou, What you see is all there is.

O que você vê é tudo o que existe.

Foi imputado na cabeça das pessoas que triplicar todo o capital no curto prazo é algo que não existe…

Afinal, essa experiência nunca aconteceu com elas.

Ou, que ganhos de +100%, +500%, +1.000%, com uma única ação, são algo quase proibido, uma vez que os produtos financeiros convencionais, oferecidos nos bancos, passam muito longe disso.

Em tese, seriam cifras distantes, praticamente inacessíveis para pessoas comuns.

Mesmo podendo te mostrar milhares - milhares mesmo - de depoimentos de assinantes nossos, agradecendo ganhos como esses…

Retornos passados não são garantia de retorno futuro. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

Respondo com o pedido de que prossiga até o final da argumentação.

Como CEO da companhia, posso afirmar que a maior cabeça por trás dessa tese que publicamos hoje, o Felipe, possui uma vida dedicada a investimentos e às recomendações financeiras.

O que nos faz confiar nele como analista não é o diploma de Economia na USP ou o mestrado em Finanças na FGV, onde ele inclusive lecionou por anos.

Mas o fato de que, desde 2014, quando publicamos teses macrofinanceiras como essa, ele estava certo.

O Felipe acertou quando alertou sobre a disparada do dólar e a crise que estava por vir naquele ano.

E acertou quando, em meio à crise, julgou ser o momento da Virada de Mão.

A princípio, fomos taxados de loucos. Em ambas as situações. O tempo provou de que lado estava a sanidade e vencemos processos judiciais inclusive contra a Dilma Rousseff, que tentou nos censurar.

Tudo que faço hoje é levar nosso esforço de pesquisa dos últimos meses a uma conclusão lógica.

E te passar, ao final dessa mensagem e de forma gratuita, as instruções para o seu dinheiro.

Portanto vamos aos fatos.

Primeiro:

Viveremos uma euforia com a reabertura da economia.

Que deve ser reforçada pela volta do fluxo monetário gringo no país.

Neste processo, que pode levar 6 meses, 1 ano, 15 dias ou mais, vemos o Ibovespa caminhando aos 150 mil pontos.

Vou te explicar exatamente o que precisa acontecer pra que isso se concretize.

O mais importante, porém, repare: aos 120 mil pontos que o Ibovespa se encontra, não é isso que pode te deixar rico.

Quando falamos da possibilidade do índice subir 25%, o mais importante são as supermultiplicações que puxam a média para cima.

As ações específicas que vão puxar o índice e apresentar as maiores valorizações da bolsa inteira.

Pós crise de 2008, entre os 20 melhores desempenhos da Bolsa tivemos multiplicações de 451% a 2.414%. Isso nos 3 anos seguintes à crise.

Na crise de 2014 foi ainda mais brutal. Multiplicações entre 534% e 10.538%.

São em momentos circunstanciais da história, com uma grande crise, que surgem as maiores oportunidades de fazer fortuna. Agora novos lucros desta natureza podem estar por vir.

É nisso que estamos mirando.

Mas, de nada adiantaria demonstrar tamanha convicção, sem te apresentar as razões para tal.

Vamos às três questões macro que explicam a euforia econômica brasileira que deve acometer de forma positiva nossos pregões nos próximos dias.

E depois, passaremos as 3 instruções para você se aproveitar dessa grande oportunidade de multiplicar seu capital.

Em primeiro lugar:

1) Estamos vivendo o Countdown da Reabertura no Brasil

Segundo a UBS, nossa vida normal poderá voltar já em outubro, que é quando devemos ultrapassar 56% da população vacinada.

Fonte: Exame

Se a gente pegar os exemplos lá fora, Estados Unidos, Israel, China, Emirados Árabes, Reino Unido...

Fonte: Our World In Data

E comparar com a disparada das Bolsas…

Fonte: TradingView

Pra você visualizar melhor essa relação, vamos sobrepor o avanço da vacinação nos EUA com o S&P, principal índice da maior bolsa de valores americana.

Em 100% dos casos, as máximas das bolsas foram atingidas antes de 50% da população ser vacinada em cada país ou região.

Somente Israel ultrapassou metade da população vacinada até agora.

Os mercados se antecipam, uma obviedade que você já deve saber.

Dado que em outubro devemos ultrapassar esse marco de vacinação, os próximos dias de pregão devem ser decisivos.

Fonte: Our World In Data

A economia global como um todo oferece sinais sucessivos e contundentes de uma recuperação acima das projeções iniciais.

Saímos de um mundo de baixo crescimento e baixa inflação, de anos e anos na chamada “estagnação secular”, para um novo regime, de maior crescimento e mais inflação.

Isso é bom para ativos nominais, bom para as ações, para os imóveis, para as commodities, que, por sua vez, ajudam mercados emergentes exportadores, como o Brasil.

Antes de entrarmos em Brasil, as big techs americanas acabam de soltar resultados muito vigorosos, acima das expectativas e capazes de descartar qualquer suposição de uma bolha irrestrita em Wall Street.

Enquanto isso, os Bancos Centrais parecem ter mudado sua função de preferências, mantendo os juros baixos por muito tempo, sob movimentos ainda intensos de compra de ativos.

Segue o mundo de muita liquidez.

Internamente, se mantivermos o atual ritmo, devemos vacinar o grupo prioritário até o final de junho.

O que poderia representar uma alta vigorosa para as ações brasileiras nos próximos 30 dias.

E vale lembrar que ações são ativos reais e deveriam andar nominalmente.

Porém, a Bolsa brasileira está há um ano e meio quase que parada:

Fonte: Economática

Se olharmos em dólar, já me antecipando, caímos muito.

E com a inflação caminhando para patamares mais altos — isso porque ainda foi sustentada por alta vigorosa de empresas de commodities, cujas receitas estão em dólares.

Elaboração: Empiricus; Fonte: IBGE

Ou seja, os domésticos estão amassados. Prontos pra subir nos próximos dias.

Em segundo lugar:

2) Brasil no foco do gringo

Brasil é país exportador de matéria-prima.

Commodity é o que mais subiu no mundo nos últimos meses, por conta dos enormes pacotes de estímulos à infraestrutura, cadeias de suprimento ainda desorganizadas e a retomada da demanda.

Isso nos coloca de volta aos atentos olhos do gringo que é o maior responsável pelos movimentos da nossa Bolsa.

E eles já demonstram otimismo.

Segundo a Forbes, fundos estrangeiros depois de 2 anos estão comprados em real:

Fonte: Forbes

Fonte: Forbes

Artigos como este de Justin Kuepper, Jornalista e Analista americano com mais de 15 anos de experiência no mercado, estão se tornando cada vez mais comuns…

Como e por que investir no Brasil.

Olha essa outra notícia:

Fonte: Bloomberg

Brasil já tá liderando altas entre mercados emergentes

E a gente recebeu na segunda semana de maio o segundo maior montante desde que a pandemia começou.

Voltamos a ser ponto de atenção lá fora e, com fluxo de dólares entrando por aqui, temos câmbio um pouco mais controlado, valorização da nossa moeda e podemos corrigir marginalmente o terceiro ponto dessa tese:

A Bolsa brasileira está extremamente defasada

Eu vou te mostrar uma imagem agora que é chocante e que poucas pessoas vão parar pra te mostrar:

Fonte: Economática

Esse gráfico mostra o Ibovespa em dólar desde 2010.

Em real, desde 2010, a gente dobrou de tamanho.

Só que em dólar, a gente tá mais barato que em 2010.

11 anos caminhando para trás.

Estamos praticamente no mesmo patamar que há 6 anos:

Fonte: Economática

Quando saímos da maior recessão econômica da história brasileira, provocada pelo governo Dilma.

Se você está olhando para os 120 mil pontos que recuperamos desde que a pandemia começou, e achando que Bolsa tá cara, desculpa, mas você vai ficar pra trás.

Fora que 30% do nosso índice é composto por empresas de commodities, ou seja, essa recuperação veio de um setor só até agora...

A moeda brasileira está entre as piores do mundo e precisamos crescer muito pra recuperar o tempo perdido.

Com tamanha liquidez global, voltando fluxo gringo pra cá, economia reabrindo, comprando as ações e fazendo os movimentos certos, a gente pode ficar rico nos próximos anos.

Veja o que os maiores ganhadores de dinheiro do país estão fazendo com seus fundos. A alocação dos multimercados nunca, na história, esteve tão baixa em renda fixa.

Não é à toa…

Num mundo de mais inflação, a posição mais arriscada talvez seja a própria renda fixa. Os prefixados que serão comidos pela inflação.

Olha só essa imagem e presta muita atenção:

Fonte: Enfoque

Ele mostra os ciclos históricos da bolsa brasileira em dólar.

Primeiro ciclo lá em 1963… depois 86… 91 e 2004…

Olha só a multiplicação que cada ciclo trouxe em dólar… a média do mercado:

30x, 16x, 35x e 21x…

Agora a gente tá aqui: vivendo o quinto ciclo.

O que eu quero que você repare…

Que os 4 primeiros ciclos da Bolsa duraram até 8 anos e entregaram multiplicações médias entre 5 e 21 vezes.

Agora vamos para o ciclo que estamos vivendo...

Ele se iniciou faz 5 anos e as cotações do Ibovespa nem triplicaram de valor.

Em dólar, ele andou pra trás.

Estenda a linha de tendência para o futuro e você vai ver que isso nos joga exatamente para cima dos 300 mil pontos.

A recuperação dos preços pós Pandemia, embora mais fraca no Brasil em relação ao mundo, é surpreendente num geral... já voltamos para os 120 mil em menos de 12 meses, diante da maior crise sanitária da história.

Porém tudo isso ainda pode ser muito maior…

E, mais importante, queremos pegar as maiores multiplicações.

Aquelas que, quando um índice dobra, elas multiplicam por 5… 10 vezes… 20 vezes...

É isso que eu quero que você enxergue.

Que podemos e vamos, em algum momento, bater os 300 mil. Se será em 18 meses… 3 anos… não importa.

O que importa é que, de hoje até esse marco, haverá aqueles resultados fora da curva.

E na nossa humilde opinião, da maior equipe de análise de uma publicadora financeira no Brasil, e tudo que temos ouvido e conversado com os maiores ganhadores de dinheiro do mundo…

Há ações absurdamente baratas que você precisa comprar o mais rápido possível.

Olha só… vou falar novamente…

Se repetirmos a história que já ocorre há 4 ciclos, ainda neste ciclo atual, ou seja, nos próximos meses e anos a partir de agora, bateremos 300 mil pontos.

Ficar olhando pros 120 mil pontos da Bolsa, e pensando que a grande oportunidade já foi, é um erro.

Você precisa olhar pra cada empresa que ainda está pra trás.

Acreditamos que essa é a maior chance de fazer dinheiro dos últimos 6 anos no Brasil.

E vou te ilustrar o tamanho dessa chance agora.

Vamos pegar as últimas grandes crises.

O Ibovespa se multiplicou por 25 vezes de 2008 a 2011? 10 vezes? 5 vezes?

Pois isso aconteceu com dezenas de empresas da Bolsa nesse curto período de 3 anos.

Fonte: Empiricus e Economatica

Em 2015, os 20 melhores desempenhos da Bolsa apresentaram multiplicações entre 5,3 e 106 vezes.

Fonte: Empiricus e Economatica

Esses ganhos são raros. E lucro passado nunca é garantia de lucro futuro.

Mas são ganhos que acontecem pós crise, quando ações pontuais ficam baratas demais.

O índice já recuperou… mas temos ações que estão simplesmente baratas demais…

E que precisam, no mínimo, dobrar nos próximos meses pra chegar em seu valor justo.

E são elas que eu vou te apresentar agora.

E também vou colocar a nossa pele em jogo pelo seu sucesso.

Então vou fazer um COMBINADO ESPECIAL DE LUCROS com você. Agora.

Se você não tiver lucro com os 3 passos práticos que eu vou abrir pra você agora, já nos próximos 12 meses, vou te devolver 100% do dinheiro gasto comigo e teremos trabalhado todo esse tempo em vão.

Em primeiro lugar:

Você vai acessar esses 3 passos práticos agora, nesse mesmo vídeo, sem pagar nada.

Se você não quiser colocar em prática os passos, fecha o vídeo e vida que segue.

Honestamente, espero que você encontre outra forma de proteger e multiplicar seu patrimônio com o que está por vir.

Mas, se você quiser aplicar os 3 passos práticos e quiser continuar com o acesso ao nosso trabalho pelos próximos 12 meses, com o monitoramento dos investimentos, os plantões de dúvidas e todo o suporte necessário, você vai nos pagar um valor irrisório por isso.

É um valor simbólico, muito menor do que está imaginando. Já digo quanto.

E aí, se você pagar, implementar os 3 passos práticos e, nos próximos 12 meses a partir de hoje, não tiver lucro, eu devolvo 100% do seu valor da assinatura.

Combinado?

Então… Ou você ganha dinheiro com a gente, a partir de hoje, nos próximos 12 meses…

Ou eu me comprometo a te devolver o dinheiro gasto conosco.

E os 7 primeiros dias de acesso a todo o material que eu vou te entregar de presente hoje são totalmente livres.

Entre, experimente, decida depois se quer continuar conosco e seguir as instruções de investimentos para proteger e multiplicar o seu patrimônio.

E por que você deveria fazer isso hoje?

Simples.

Se os maiores ganhadores de dinheiro do Brasil, os grandes gestores de bilhões de reais, estão fazendo... Quem somos nós para ir em direção contrária?

Luis Stuhlberger, gestor do fundo Verde, é o maior – e possivelmente o melhor – investidor brasileiro. Ele tem um histórico impressionante e secular de bons resultados. Stuhlberger está otimista com os mercados brasileiros a curto e médio prazo. O gestor inclusive usou o termo "euforia econômica" para falar o que enxergava para o Brasil.

Fonte: Exame

A lista de grandes investidores históricos ficando otimistas com o Brasil é grande.

A Adam Capital está apostando no Brasil e disse na última carta:

"Ainda acreditamos que o desconto aplicado nos ativos brasileiros, especialmente juros e dólar (ainda que com alguma justificativa), parecem exagerados. Continuamos confiantes em nossas teses de investimento."

A famosa SPX Capital demonstrou uma visão construtiva sobre o crescimento global no curto prazo e disse que o Brasil poderia se beneficiar do aumento dos preços das commodities. Na última carta semestral do Gestor aos Cotistas, afirmaram:

"Do lado positivo, revisamos para cima nossas projeções de atividade para o ano de 2021, uma vez que o impacto desta recente onda do COVID sobre a economia foi menor do que imaginávamos."

O Economista-Chefe da corretora XP seguiu na mesma linha, otimista com os ativos locais:

"A nova rodada de programas de sustentação da economia e um cenário externo benigno, com manutenção do ciclo de alta das commodities, devem sustentar a retomada da atividade econômica no segundo semestre"

O Estrategista de Mercados do Citi, Donato Guarino, disse que também espera uma recuperação local no curto prazo influenciada pela alta das commodities:

"Os ativos brasileiros podem continuar superando seus pares nos próximos três a seis meses, com o real beneficiado pela alta dos preços das commodities e por seu valuation muito atrativo"

Ao mesmo tempo, uma série de Economistas estão elevando as projeções para o crescimento da atividade econômica ainda esse ano…

Fonte: CNN

Fonte: Rondo Notícias

Fonte: Focus.jor

Fonte: InfoMoney

É por isso que você precisa aplicar as 3 atitudes imediatas e práticas que trago hoje.

Primeiro para proteger seu dinheiro já conquistado e, depois, multiplicar boa parte dele.

Cada um dos passos aqui recomendados são possíveis e simples de implementar – ao menos por enquanto.

Uma grande demora para colocá-los em prática, porém, vai torná-los mais caros, difíceis e até mesmo impossíveis de se concretizar.

Caso você adote esses movimentos agora, não somente estará mais preparado para lidar com a euforia quando ela vier, como, no meu entendimento, também poderá fazer uma fortuna à frente.

E se estivermos errados?

Aqui entra a melhor parte… Nesse caso, você também será capaz de aferir grandes ganhos.

Se o resultado desta euforia for moderado, você ainda estará preparado para se sair muito bem.

E se tudo piorar, vier uma terceira onda, se houver novos fechamentos de economia e comércio, ainda assim você poderá proteger a maior parte do seu dinheiro com a primeira atitude que vou te passar…

E até multiplicar bastante, em especial com a última oportunidade que trago hoje.

Seguem os passos específicos que você deve tomar imediatamente.

Primeiro protegemos, depois multiplicamos.

Portanto, começaremos com o passo mais prudente para proteção do patrimônio da sua família:

PASSO 1:
PROTEJA-SE DA INFLAÇÃO

Aplique parte do seu patrimônio fora do Brasil. (isso é perfeitamente legal e mais simples do que você imagina)

Está vendo este gráfico?

Fonte: Bloomberg

Horrível, né?

Esse é o seu dinheiro.

Se você não tinha uma boa parte da sua grana em dólar, viu seu patrimônio se desvalorizar mais de 70% desde 2012 por conta da desvalorização da nossa moeda, o real.

É como se você investisse em uma única empresa que dá prejuízo há 10 anos. Faz sentido?

A moeda brasileira é a terceira pior do mundo desde que a pandemia começou.

Aí você pode me questionar… Caio, mas o dólar já não subiu demais? Comprar investimentos em dólar agora… a tendência não é de queda?

O dólar está perto das máximas, talvez pareça caro e prestes a despencar.

Contudo, não é bem assim...

Fonte: Estadão

O dólar já esteve mais caro.

O que vemos hoje é o valor NOMINAL nas máximas, ou seja, o valor não corrigido pela inflação.

Mas ele pode sim ficar mais caro. Há bons motivos e riscos para você levar em conta antes de deixar de ter essa moeda na sua carteira.

Em Real, você está perdendo dinheiro dentro e fora do Brasil.

Sim, nossa moeda mais longeva, ainda falha como reserva de valor.

Fontes: usinflationcalculator.com; tudodefinancas.com;

O aumento de preços de bens e serviços aqui no país foi 3,5 VEZES MAIOR que a dos Estados Unidos.

O que antes você comprava com R$ 100, hoje você precisa pagar mais de R$ 350!

Aplicar parte do patrimônio fora do Brasil é perfeitamente legal, e mais simples do que imagina.

Em momentos de crise e caos global, o dólar tende a se valorizar internacionalmente.

Esse gráfico destaca o desempenho do Ibovespa e do S&P 500, principal índice de ações dos Estados Unidos, em reais.

Note que o desempenho da bolsa americana em reais foi muito acima do resultado entregue pelo Ibovespa, nosso maior índice de ações.

Isso tem uma razão muito clara...

Além da resiliência da economia americana se mostrar viva mais uma vez, o dólar se valorizou muito nesse período, o que beneficia o valor do investimento em reais.

Não é algo raro. Em momentos de estresse, o dólar costuma se valorizar globalmente.

Por isso, investir no exterior se torna ainda mais interessante para nós.

Quando a bolsa americana cai, o dólar costuma subir, dando uma arrefecida na queda.

A volatilidade do investimento acaba se tornando menor, quando avaliada em nossa moeda local.

Por isso, eu recomendo fortemente: parte de seus investimentos deve ser feita fora do Brasil.

Além disso, a Economia Brasileira é uma parte muito tímida dentro de todo o PIB Global, aproximadamente 2,5% apenas.

Portanto, essa recomendação não só visa proteção, mas também no mundo de oportunidades de lucros que existe lá fora e aqui não.

Há formas simples e rentáveis de você investir para além dos domínios do governo brasileiro, de forma plenamente legal.

Não se preocupe caso você não tenha familiaridade com investimentos internacionais. Temos esmiuçado um guia sobre como investir no exterior, ao qual os assinantes da Empiricus têm acesso imediato.

Será um prazer dar-lhe acesso a esse conteúdo, que eu considero fundamental.

Antes, deixe-me falar sobre o segundo passo a ser seguido agora, focado em multiplicação de capital.

PASSO 2:
COMPRE AS AÇÕES CERTAS

O mundo está caminhando na direção de um novo paradigma. Saímos de uma situação de baixo crescimento e baixa inflação, com juros mínimos, para outra de mais crescimento, mais inflação e mais juro. Da estagnação secular ou do “goldilocks” para um verdadeiro boom econômico.

Já estamos vendo essa rotação significativa no mercado de ações, com os investidores mudando de empresas de crescimento para ações de valor, à medida que as taxas de juros sobem (temor inflacionário) e a economia reabre (vacinação).

Uma relação de desconto que se vê há algum tempo, em especial desde 2008 e aprofundada em 2020, entre ações de crescimento e de valor, começa a se inverter.

Em resumo, queremos comprar fluxos de caixa atuais. Há uma clara mudança na taxa de equilíbrio entre essas coisas, em favor do cash flow presente.

O corolário é a preferência por casos canônicos de value investing, por commodities, que se beneficiam do ciclo global, e por nomes ligados à reabertura da economia doméstica, cujos valuations foram castigados durante a pandemia e agora serão muito beneficiados pela reabertura da economia.

A volta é rápida e intensa. Precisamos aproveitá-la.

Nesse sentido, recomendamos que você tome cuidado com os cases tecnológicos e startups moderninhas. O modelo de crescimento acelerado está cada vez mais ameaçado.

E o que comprar?

Chamada Oportunidades de Uma Vida, a carteira de ações do Felipe Miranda possui exatamente 23 ações. E acumula mais de 500% de lucros desde 2015.

E vamos te presentear com um relatório completo em que você terá o nome dessas ações e todo o apoio para reproduzi-la em parte do seu patrimônio:

Vamos ao último passo, talvez o mais importante para a multiplicação do nosso capital:

PASSO 3:
CERTIFIQUE-SE DE QUE VOCÊ DETÉM O ATIVO DE MAIOR POTENCIAL DO MUNDO

Há um ativo que você pode comprar, altamente disponível no Brasil, que pode ajudá-lo a buscar o maior ganho financeiro da sua vida inteira.

Não estou falando de títulos públicos, títulos privados, uma moeda ou metais preciosos. Obviamente, também não tem nada a ver com o mercado acionário. Também não é Bitcoin.

Grandes investidores em todo mundo têm exposição relevante a esse tipo de ativo, alguns deles inclusive aumentando suas posições nos últimos meses.

E o ambiente pós-pandemia tende a potencializar ainda mais esse movimento.

Enquanto o dinheiro fiduciário pode perder valor no mundo todo com as altas emissões dos bancos centrais, este ativo vem sofrendo um choque de oferta de tempos em tempos.

Sua tendência é ficar cada vez mais escasso, e o investidor não é bobo. Ele já está percebendo essa dinâmica e passou a segurar mais os ativos que têm, de olho na próxima pernada.

Este gráfico não me deixa mentir…

Fonte: Glassnode

Ele mostra que quase 50% desses ativos estão sem se movimentar há pelo menos 2 anos.

Na prática, isso significa que o cara compra esse ativo e segura, porque acredita que ele pode se valorizar muito mais.

Não vou mais falar tanto sobre isso, pra que a informação não se espalhe facilmente. É um investimento totalmente fora do radar.

Mas você pode facilmente comprar um bocado disso hoje.

A Empiricus acredita que, se existe um ativo no mundo hoje com potencial de multiplicação de capital em dezenas de vezes, é esse.

E também vamos te dar de presente o relatório completo desse ativo, pra que você primeiro o conheça e sinta confiança de colocar uma grana nisso.

Há várias formas de se fazer esse investimento e nós vamos te mostrar exatamente como.

#

Então, como você pode começar agora e de forma prática adotar cada um desses 3 passos?

Veja, minha empresa, a Empiricus, faz pesquisa econômica e financeira.

Nós temos uma equipe de mais de 300 pessoas e nosso principal objetivo é encontrar investimentos seguros e lucrativos.

Ideias que você provavelmente não vai ouvir de mais ninguém. Ou que custaria muito caro para você acessar sozinho, de forma exclusiva.

Essa foi a missão ao fundar a Empiricus, democratizar o acesso a excelentes investimentos, para que pessoas comuns pudessem ter esses ganhos em suas vidas:

Não há nada que me deixe mais feliz do que este tipo de mensagem.

Mas, em contrapartida, preciso confessar: neste exato momento, estou verdadeiramente ansioso com muitos cidadãos brasileiros, trabalhadores honestos, que serão pegos de total surpresa quando virem a inflação comer seus salários e as oportunidades que estavam à mesa.

E que só pessoas bem instruídas, com o acesso aos conteúdos que vamos te dar hoje, que vão poder aproveitar esse tipo de ganho.

É por isso que escrevi esta mensagem. E é por isso que eu gostaria de lhe enviar todos os detalhes sobre como colocar as 3 ideias em prática com o seu dinheiro, cada passo exato para você prosperar daqui pra frente.

Então agora você só precisa tomar uma decisão.

Conhecer o nosso trabalho.

Porque eu vou liberar pra você 7 dias de acesso sem compromisso a todos esses 3 relatórios com o passo a passo para implementar tudo que recomendamos aqui.

E aí, se você gostar, você pode se tornar um assinante nosso.

Se não gostar, cancela, não implementa nada e também não terá gasto um único real conosco.

Sugiro que ao menos passe os olhos no trabalho seríssimo que desenvolvemos. Tenho convicção de que você terá toda a informação necessária à sua disposição.

Agora, se você gostar e decidir continuar como nosso assinante após os 7 dias de degustação gratuita, como vai funcionar?

O preço promocional de hoje é de apenas R$ 7,50 mensais.

Pelo acesso de um ano às indicações do Felipe, os plantões de dúvidas, todo o acompanhamento dos ativos e a certeza de que há uma equipe qualificadíssima em busca das melhores oportunidades de multiplicação e proteção para você.

EXPERIMENTAR PALAVRA DO ESTRATEGISTA POR 7 DIAS

Por que tão barato?

Em termos práticos, desenhamos um preço que permita que você simplesmente experimente nosso produto, para ver se ele realmente se adequa à sua pretensão.

Além disso, quero que o conteúdo seja acessível a milhares de pessoas, de modo a potencializar seu poder econômico.

Estou convicto de que, em conjunto, os leitores que acompanharem a série e aplicarem suas ideias poderão gerar milhões de reais em patrimônio. Muito mais do que eu faria sozinho.

É por isso que, através desta carta, nós estamos oferecendo a assinatura tão barata.

Fique à vontade para ponderar essa oferta. Isso porque, durante os primeiros 7 dias, caso você leia nosso material e, por alguma razão, entenda que ele não atende a seu perfil, você será reembolsado em 100% de seu custo.

Em outras palavras, ao concordar com os termos aqui apresentados, você estará apenas aceitando experimentar nosso trabalho para ver se gosta.

Eu espero que você considere minha oferta seriamente. Do fundo do coração, tenho convicção de que esta será uma das melhores decisões financeiras que você tomará em toda sua vida.

Para começar, simplesmente clique no link abaixo, que vai levá-lo a uma página para confirmar sua assinatura.

Sua ordem será processada imediatamente, e você terá acesso a todo esse trabalho na mesma hora.

EXPERIMENTAR PALAVRA DO ESTRATEGISTA POR 7 DIAS

Um forte abraço,

Maio de 2021

Dúvidas na escolha do plano?

Estamos aqui para ajudar