Espere… você tem mais 5 minutos?

Em algumas linhas, vamos te propor um último presente especial como forma de gratificação por se tornar membro da série XXX.

Caso queira abrir mão desta oportunidade e ir direto ao conteúdo que acabou de adquirir, basta clicar aqui.

Veja a mensagem que temos para você:

Atenção: a Empiricus prioriza a preocupação com a saúde de seus assinantes, leitores, colaboradores e familiares. Fique em casa e proteja sua família. Paralelamente, também é importante pensar em proteger o patrimônio da sua família, dado o impacto que economias, empregos e mercados estão sofrendo. E isso pode ser feito da sua casa, pelo celular ou computador. Esse é o motivo da oportunidade que trazemos hoje para você.

Retornos passados não são garantia de retorno futuro. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

Caro leitor,

Você pretende se aposentar quando?

Daqui a 10, 20 ou 30 anos?

E como você imagina que vai ser?

O que acha de receber entre 1.000 e 2.000 reais do INSS?

Para pagar sua moradia, alimentação, plano de saúde e para todos os outros gastos e luxos que você gostaria de ter?

Se pensar em ter apenas essa quantia te desespera, assim como aconteceu com tantas pessoas que entrevistamos para este vídeo…

Você precisa tomar uma decisão, agora. Se você quiser, você vai sair daqui hoje com o plano mais completo para ter a chance de mudar seu futuro completamente.

Praticamente todos os idosos com quem conversamos que se aposentaram pelo INSS hoje recebem menos do que esperavam.

Para alguns, o valor foi diminuindo ao longo dos anos.

Nos escritórios de advocacia, acumulam-se pedidos de revisão de aposentadoria que muitas vezes não dão em nada.

Vimos casos de idosos que morreram antes de receber uma resposta do governo.

É triste ver pessoas produtivas que trabalharam a vida inteira e que hoje tem que se sustentar com R$ 1.000, R$ 2.000….

Eu tenho certeza de que você conhece alguém que trabalhou muito, pagou a aposentadoria religiosamente para então ver seu padrão de vida cair absurdamente no momento em que poderia descansar e aproveitar.

Veja essa imagem que eu peguei do INSS.

Fonte: Gov.br

Essa é a média de salário que um aposentado recebe.

Para homens, R$ 1.805.
Para mulheres, R$ 1.301.

Porém, 70% dos beneficiários recebem apenas o piso (R$ 1.045,00), ou seja, um salário mínimo de aposentadoria.

Apenas 0,01% recebem um valor superior a R$ 6.000 — sendo o atual teto, o valor máximo do benefício do INSS, de R$ 6.101,06.

Você sabe que um plano de saúde básico para um idoso não sai por menos de R$ 1.000, né?

E que, sem um plano desse, o que restará serão as longas filas do SUS?

Se você não fizer nada, é isso que te espera.

"Quando eu vi o valor da minha aposentadoria, eu quase desmaiei".

"O irmão da minha cunhada infartou quando viu o valor que ia ganhar".

São pessoas que gostariam de viajar, mas não podem.

Que queriam ajudar seus filhos, mas mal conseguem se sustentar…

Muitas vezes precisam da ajuda deles para comer ou morar.

Deixando pra trás qualquer padrão de vida que tinham, para contar centavos no fim do mês.

Talvez você seja uma daquelas pessoas que acham que não precisam se preocupar com isso agora.

A grande maioria vai fechar este vídeo e continuar vivendo como se esse problema não fosse bater à sua porta daqui a alguns anos.

E se arrepender depois.

Poucas pessoas conseguem imaginar muito além do presente.

A imensa maioria mede a felicidade e o bem-estar pautada apenas na situação atual.

Se estiver bom agora, ótimo. Amanhã será ainda melhor.

É algo que chamamos de otimismo excessivo.

Uma crença de que tudo vai sempre melhorar. Característica muito presente nas pessoas que estão no auge produtivo, entre os 30 e 50 anos.

Talvez a sua vida profissional venha numa trajetória crescente.

Mas é bom lembrar que as árvores não crescem até o céu…

Esse otimismo relega a segundo plano uma necessidade fundamental da vida: envelhecer com saúde financeira para ter uma aposentadoria que permita mais do que apenas sobreviver.

O próprio sistema previdenciário brasileiro induz ao trabalhador a sensação de que os quatrocentos e poucos reais, descontados da folha de pagamento pelo governo, são o passaporte para um futuro maravilhoso propiciado pelo INSS.

Em países como os EUA, o cidadão aprende desde cedo a montar sua carteira de investimentos para chegar aos 65 anos com recursos que lhe permitam viver bem até o fim da vida.

O fato de que lá não é obrigatório contribuir para a previdência, faça as pessoas agirem de forma diferente daqui.

Basta olhar estas notícias:

Fonte: Infomoney

Fonte: Sicoob

Fonte: Infomoney

É um dado muito preocupante.

Por isso eu quero te convidar para participar de um plano.

Um Plano para sua Independência Financeira.

Com muito claros para te preparar para uma aposentadoria digna.

Melhor, para te dar o mapa da riqueza. Isso mesmo.

Por que chegar à velhice com dinheiro é motivo de alívio e orgulho. A riqueza traz isso.

E, se eu tivesse que elencar as principais virtudes da riqueza, organizaria da seguinte forma:

1. Riqueza proporciona segurança.

Se algo de errado acontecer na sua vida, um bom dinheiro guardado amenizará os impactos financeiros e emocionais.

2. Riqueza proporciona investimentos.

Dinheiro gera mais dinheiro, graças à dinâmica de retroalimentação da riqueza. Quanto mais você investe (corretamente), maior sua capacidade de investir em algo mais.

3. Riqueza proporciona tentativa & erro.

Não há nada na vida melhor para aprender do que tentativa & erro. Se você é rico, pode se dar ao verdadeiro luxo de testar coisas diferentes sem precisar acertar logo de cara. Isso vale tanto para a fundação de uma startup quanto para visitas a restaurantes desconhecidos.

4. Riqueza proporciona poder de consumo.

Todos precisamos e queremos consumir bens e serviços cada vez melhores, sobretudo à medida que envelhecemos.

Se você não tinha se atentado pra isso, não é sua culpa.

Vivemos em um país onde as pessoas são leigas quanto ao tema dinheiro e permanecem assim até chegar a hora de receber do INSS.

Por isso, te convido agora a conhecer lições fundamentais que qualquer pessoa que deseja se aposentar com um bom salário deve aprender.

São pequenas mudanças que TODOS nós devemos fazer.

Quem evitar esses erros está praticamente selando um futuro de tranquilidade e bem-estar.

1 – Não confie na aposentadoria pública

Você já ouviu falar que o INSS não vai aguentar por muito tempo, certo?

Não faltam exemplos de que a situação do INSS tende a piorar a cada ano.

E você ainda pode ficar totalmente desamparado, pois o rombo da Previdência compromete as contas públicas:

Fonte: Valor Econômico

Basta você puxar da memória os inúmeros ajustes que são praticados a cada mandato presidencial.

Sempre aparece um fator previdenciário, uma idade mínima ou uma nova fórmula de cálculo que dificulta o acesso de novos trabalhadores.

Embora a última reforma tenha dado um respiro às contas públicas, em poucos anos, outra precisará ser feita, depois outra e assim por diante.

E os problemas da aposentadoria pública não se restringem ao acesso de novos aposentados.

Os que já fazem parte do INSS e recebem mais de um salário mínimo sentem na pele o que é ficar na mão de um sistema público deficitário.

Fonte: UOL

Há quem diga que, num futuro não tão distante, todos que são aposentados ou pensionistas do INSS estarão recebendo um salário mínimo.

Não sei se chegaremos a isso, mas a diferença tende a ficar muito baixa.

Isso já afeta quem está aposentado.

E eu não quero que afete você. Então, não dependa do INSS.

2 – Não deixe de poupar um mês sequer

Não existe mágica. O seu patrimônio será formado por um cálculo bem simples:

Suas Receitas

(-) Suas Despesas

(=) Sua Capacidade de Investimento

Para formar um patrimônio sólido, você precisa fazer suas despesas serem menores do que as suas receitas.

Em outras palavras, você precisa poupar.

Via de regra, todo mundo sabe disso.

Mas apenas 4 em cada 10 brasileiros agem assim.

Acredito que o maior inimigo para que essa meta seja realizada está no constante adiamento do ato de separar uma parte do salário para os investimentos.

Este mês está ruim. Mas no mês que vem eu começo.

Porém, o “mês bom” para poupar nunca chega. E não vai chegar.

Se você não colocar prioridade em reservar uma parte da sua receita mensal, sempre vai haver promoções imperdíveis, aquele presente que você queria dar a você mesmo agora no Natal ou qualquer outro gasto que vai transformar este mês num mês ruim.

Você precisa poupar todos os meses.

Não existe um percentual ideal que possa ser aplicado a todos. Mas eu defendo que um família deva poupar mensalmente entre 15% e 30% da sua renda.

É claro que o percentual depende de uma série de fatores, como a faixa de renda, o número de filhos, a idade, entre outros.

Contudo, mais importante do que o valor poupado é criar o hábito de separar uma parte da renda para os investimentos.

Passado algum tempo, a recompensa de ver o patrimônio crescendo a cada dia é o maior estímulo que existe.

É como se o indivíduo criasse uma dependência de poupar. Nesse caso, uma dependência sadia.

Mas é preciso saber onde poupar melhor para não cair em armadilhas como a do item seguinte.

3 – Não confie no gerente do banco

Se uma pessoa é disciplinada e guarda uma parte do salário ao longo da vida, o próximo passo seria definir a forma de investimento mais adequada.

Muitas pessoas repassam essa decisão para o “gerente do banco”. Nada contra esse profissional, que também tem família e contas para pagar, mas...

Afinal de contas, a função desse valoroso profissional é verificar as opções de investimento e oferecer ao poupador a que apresentar melhor rentabilidade, certo?

Certo. Mas há um porém.

Assim como os analistas do banco e das corretoras, eles ganham ao cumprir metas.

As receitas dessas instituições vêm dos produtos que comercializam.

Nenhum desses profissionais vai indicar um produto de banco ou corretora concorrente, mesmo que seja mais vantajoso para você.

Em 2019, o lucro líquido dos 4 principais bancos brasileiros foi de R$ 81,5 bilhões.

Fonte: G1

Muitos poupadores acabam sendo levados a fazer um título de capitalização ou uma aplicação qualquer, com taxa de administração caríssima.

Tudo para que o gerente atinja as suas metas, trazendo mais receita para o banco.

Mas se o gerente não me dá os melhores conselhos, quem deve ser o responsável pelos meus investimentos?

Você mesmo!

Ninguém vai cuidar do seu dinheiro melhor do que você mesmo.

Não transfira essa responsabilidade para ninguém. Mesmo que você se considere um leigo em finanças.

É muito simples montar uma carteira e investir ao longo da vida.

Falaremos mais sobre isso daqui a pouco.

4 – Não assuma toda a responsabilidade sozinho

Na maioria das famílias, nunca houve um diálogo sobre economia doméstica.

Um erro muito comum.

Quem não conversa com a família sobre a necessidade de poupar para a aposentadoria acaba carregando uma pressão desnecessária sobre os ombros.

É claro que a sensação de comprar uma roupa nova é mais agradável do que passear no shopping e voltar de mãos vazias.

Mas seus familiares conhecem o seu projeto de aposentadoria?

Se conhecessem, talvez muitos incômodos pudessem ser evitados.

Minha sugestão é que você faça uma planilha com metas individuais para cada membro e mensalmente cruze os dados alcançados com os projetados.

Além de um estímulo, essa prática mostra quanto a família terá daqui a alguns anos.

Com todo mundo participando, o objetivo é alcançado com muito mais facilidade.

5 – Não gaste dinheiro com juros

Pense em algo óbvio. Algo que talvez nem precisasse ser dito.

Não gaste dinheiro com juros” é uma dessas coisas.

Tão óbvio que às vezes até nos esquecemos de seguir…

Não existe isso de 12 vezes sem juros.

Se a loja em que você está comprando insistir que o valor à vista é o mesmo valor em 12x, vá até a loja concorrente.

É claro que há momentos em que a taxa de juros pode valer a pena.

Mas você precisa fazer os cálculos.

As notícias das últimas semanas alertam para o fato de os juros no Brasil continuarem muito altos, mesmo com a taxa Selic nas mínimas históricas.

Fonte: Uol (26/10/20)

No famigerado rotativo do cartão de crédito, as taxas anuais atingem 300% ao ano, segundo o Banco Central.

Nunca caia na armadilha do crédito fácil. Quanto mais fácil, mais vantajoso para o banco.

Por essa razão é que você consegue um cartão de crédito por meio de uma simples ligação telefônica.

Já um crédito imobiliário, com taxa de 7% ao ano, você só consegue se passar horas e horas na agência.

Lembre-se dos R$ 81 bilhões de lucro. Boa parte deles vem dos juros que pagamos.

6 – Não subestime o seu número mágico

Eu costumo chamar aquele valor que sonhamos alcançar ao longo da vida, para não precisar trabalhar mais, de número mágico.

Muita gente faz esse exercício ao jogar na Mega-Sena pensando que, se ganhar os milhões do prêmio, viverá apenas dos juros.

Infelizmente, os juros que você receberá do banco ao aplicar a bolada são infinitamente menores do que os 300% cobrados do seu cartão de crédito.

Por isso é importante que você não subestime o seu número mágico.

Já ouviu falar do caso da família Guinle?

Foi a família que construiu, entre outras coisas, o Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, e o Porto de Santos.

Um dos herdeiros da fortuna dos Guinle chegou a dizer que “o segredo do bem viver é morrer sem um centavo no bolso. Mas errei o cálculo, e o dinheiro acabou antes da hora”.

Estima-se que Jorginho Guinle tenha torrado 80 milhões de dólares ao longo da vida.

Toda a herança que o pai, Carlos Guinle, havia lhe deixado.

É claro que essa história é um caso extremo de alguém que viveu com luxos extremos a vida inteira.

Mas serve para ilustrar bem o que acontece quando o dinheiro acaba antes do esperado.

Eu sempre digo isso aos meus leitores: “você deve ter o suficiente para usar apenas os juros e nunca o próprio capital”.

Vamos dar um exemplo.

Digamos que, aos 60 anos de idade, você tenha R$ 2 milhões aplicados e queira parar de trabalhar.

Caso você invista de forma a conseguir uma rentabilidade real de 8% ao ano, você teria anualmente disponíveis R$ 160 mil. Ou seja, R$ 13.333 por mês.

Dessa forma, você sabe que não pode viver como um playboy e gastar mais de R$ 10 mil mensais.

Caso contrário, o risco de o dinheiro acabar antes do esperado é grande.

De quebra, você deixaria para seus herdeiros os R$ 2 milhões corrigidos pela inflação.

7 – Não troque de ativos toda hora

Tão importante quanto criar o hábito de poupar todo mês é investir esse dinheiro de forma inteligente.

Lembre-se de que poupar e investir para a aposentadoria é um processo que dura décadas.

É fundamental que o poupador que busca uma aposentadoria milionária tenha sua carteira de investimentos diversificada e adequada a cada momento econômico.

Ter ações de boas empresas dá um excelente empurrão e faz os objetivos serem alcançados muito mais rápido.

Eu não sou adepto das práticas compulsivas de troca de ativos ao sabor do vento.

Defendo que o investidor deve escolher muito bem o seu portfólio e manter a mesma estratégia por bastante tempo.

Se necessário, fazer pequenos ajustes no percurso.

Com a prática de trocar os ativos toda hora, um investidor amador, que não esteja bem assessorado, tem grandes chances de cometer o maior dos pecados:

Comprar na alta e vender na baixa.

Uma série de fatores comportamentais levam a isso. Não vem ao caso explicá-los agora.

Mas o conselho que dou a você é: não troque de ativos toda hora.

Às vezes, é muito doloroso passar por um período de turbulência e ver o ativo caindo na tela do computador sem poder fazer nada.

Porém, no fim das contas, vale muito a pena ser forte.

8 – Não pense que aposentadoria é coisa para idosos

Quando escrevemos sobre aposentadoria na Empiricus é muito comum ler coisas do tipo:

Achei o texto desta semana sobre aposentadoria muito interessante, até enviei para o meu pai.

Nessas horas, não sabemos se ficamos felizes com o elogio ou se choramos por não termos conseguido transmitir um dos nossos principais objetivos:

Aposentadoria é para hoje.

É para você, seja qual for a sua idade.

Não é para seus pais ou avós.

A proposta é trilhar uma jornada de investimentos ao longo da vida, maximizando os rendimentos, para chegar à velhice com tranquilidade financeira.

Então, não pense que a palavra “aposentadoria” é coisa de idoso.

Se você ainda está trabalhando, aposentadoria é uma das palavras mais importantes.

Esteja você com 20, 35 ou 50 anos.

Já que estamos de acordo que o momento para agir é agora… o que você pode fazer para não virar um aposentado como os que vimos hoje?

Já ouviu falar na expressão “fazer o seu dinheiro trabalhar por você”?

Pois é justamente isso que vai acontecer.

Conheça a melhor forma de garantir a sua aposentadoria


Junte-se agora mesmo ao grupo de pessoas que estão preparando um futuro de tranquilidade e bem-estar.

Para que seu patrimônio se multiplique a taxas consideravelmente superiores às do mercado e seu patrimônio atinja cifras de 1 milhão, 2 milhões… 5 milhões de reais. Até mais.

Esse círculo virtuoso já está em andamento.

Antes de mais nada, quero te dar uma boa notícia.

Para receber o seu plano de independência financeira agora mesmo, você não vai precisar assumir compromisso nenhum comigo nesse primeiro momento.

Os 7 primeiros dias de acesso a todo o material que eu vou te entregar de presente hoje são totalmente livres.

Entre, experimente, decida depois se quer continuar comigo e seguir minhas instruções de investimentos para proteger e multiplicar o seu patrimônio.

Faço questão disso.

Não quero que haja, nesse primeiro momento, impedimento algum pra que você ao menos conheça nosso trabalho.

Para destravar o seu acesso, basta você se tornar um membro da série…

Empiricus FIRE

Mas o que é o Empiricus FIRE?

Empiricus FIRE é uma assinatura digital com tudo o que você precisa para receber as melhores indicações de investimento para o seu futuro.

E por que FIRE?

A palavra vem de Financial Independence, Retire Early.

Um movimento internacional fundado por investidores que desejam atingir a independência financeira o mais rápido possível e que vem colecionando casos e mais casos de sucesso.

Fonte: Forbes

Se tornar independente financeiramente é difícil.

Quer uma evidência?

Olhe à sua volta e veja quantos amigos, conhecidos, colegas de trabalho e afins são financeiramente independentes.

Com certeza, dez em cada dez deles gostariam de sê-lo. Mas poucos realmente alcançam esse objetivo.

Por isso, decidimos abordar a questão da maneira mais transparente possível aqui no Empiricus FIRE®.

Estruturamos uma espécie de manual para orientar a sua jornada rumo à independência financeira.

Esse manual começa a ser desenhado agora e se estenderá ao longo de mais duas publicações.

Primeiro, vamos falar sobre o planejamento, a parte mais negligenciada do processo.

Depois, faremos uma análise mais quantitativa, te mostrando o que esperar, em termos de rendimentos, de todas as suas aplicações, inclusive a aposentadoria pelo INSS.

Para encerrar, listaremos os passos para implementação e acompanhamento dos resultados, uma espécie de guia para você trocar o pneu do carro, com o carro em movimento.

O nosso plano é baseado nos pilares reais de todo investidor bem-sucedido:

1) ATIVOS PARA CONSTRUÇÃO DE PATRIMÔNIO;
2) ATIVOS PARA GERAÇÃO DE RENDA; e
3) ATIVOS PARA PROTEÇÃO.

São três classes específicas de investimentos capazes de gerar:

➜ Pagamentos regulares, renda extra caindo na sua conta;

➜ Oportunidades com crescimento exponencial, para colocar pouco capital em busca de enormes retornos; e

➜ E ativos defensivos, que irão controlar o risco da nossa trajetória.

Como guia, escolhendo como você vai balancear esses ativos entre si, estará o Rodolfo Amstalden.

Tudo isso para buscarmos o maior potencial, minimizando os riscos.

Esses ATIVOS trabalham para o seu dinheiro.

É dinheiro fazendo dinheiro.

São esses pilares que podem fazer você chegar ao patamar financeiro que deseja, sem depender de ninguém.

E o que você ganha para se tornar membro do Empiricus FIRE hoje mesmo?

Vou listar tudo o que você leva agora.

E sei que você também pode estar se perguntando quanto custa pra participar.

Você vai ver daqui a pouco, o preço da assinatura é quase simbólico.

O objetivo é que você concentre todos os seus esforços na sua aposentadoria.

Assim que você faz seu cadastro (é bem simples e rápido), você tem acesso liberado à sua área logada exclusiva de assinante.

Vamos dar uma olhada mais de perto no conteúdo da série?

Na guia Publicações, por exemplo, você recebe, toda terça-feira, as minhas ideias de investimento e minhas análises sobre o mercado.

Já em O Que Comprar, você encontra ideias de investimento para investir de forma diversificada, segura e potencialmente muito lucrativa.

Ensinamos a pescar, mas também entregamos o peixe.

É só clicar em cada categoria de investimento para ver as nossas recomendações atuais.

Além disso, para te ajudar nessa nova jornada, você receberá como bônus:

CURSO EM VÍDEO CICLO DE VIDA DO INVESTIDOR

No curso Ciclo de Vida do Investidor, você verá, em 8 módulos, o passo a passo para ser um investidor completo.

Ele foi desenvolvido pelo Rodolfo Amstalden, fundador da Empiricus, e pelo Richard Camargo.

Com esse material, asseguro que você estará à frente de 99% da população quando o assunto é finanças.


Já temos tudo preparado te esperando e vamos estar ao seu lado em todas as etapas.

Manteremos contato com você por meio das publicações, vídeos e e-mails.

Tudo o que você precisa fazer é aceitar meu convite e se juntar a nós.

Ah, vou aproveitar e te explicar uma coisa…

A Empiricus é exclusivamente uma plataforma completa de investimentos.

Nós mostramos para você os investimentos que acreditamos serem os melhores e com maior potencial de ganho.

Nós não pegamos o seu dinheiro para investir.

Ele fica o tempo todo no seu nome, na sua conta.

Você paga apenas o pequeno preço da assinatura (é quase simbólico, você vai ver) e, em troca, recebe nossas ideias e sugestões.

É tudo explicadinho: o que você deve fazer, quando fazer e como fazer.

Tudo para você ter a perspectiva de um futuro que não depende do INSS e de um salário mínimo como meio de vida.

Nossa missão é uma só:

Fazer as pessoas comuns lucrarem como os profissionais, com facilidade e sem correr riscos desnecessários.

Com essa filosofia de trabalho, já conquistamos mais de 375 mil assinantes pagantes.

Pessoas como este grupo, bastante satisfeito com o conteúdo recebido:

Espero poder ver o seu depoimento entre os próximos.

Agora vamos continuar com os bônus?

Fazendo parte do Empiricus Fire você também leva, imediatamente, o livro:

Do Que Você Precisa Para se Aposentar?

O Livro da Riqueza Permanente em versão e-book.

Sim, você terá acesso a tudo isso a partir do primeiro dia em que estiver no meu programa.

Agora, quanto você acha que custaria um projeto que multiplica suas chances de atingir sua liberdade financeira?

Usando um plano que está PRONTO, esmiuçado, que já se provou eficaz e que pode ser posto em prática agora mesmo.

O preço para ter tudo isso trabalhando a seu favor é de:

 Apenas R$ 5 por mês.

É o mesmo preço de um cafezinho na padaria.

Você pagaria tão barato por um mapa capaz de abrir portas para a sua independência financeira?

Estou certo que sim.

Então, para solicitar seu acesso, clique no botão que está logo abaixo.

QUERO ACESSO AO EMPIRICUS FIRE

Eu sei que, para algumas pessoas, sair da zona de conforto pode intimidar à primeira vista.

Mas quero que você se sinta absolutamente confortável para começar.

Por isso, além do preço amigável, eu vou dar a você uma Proteção:

Proteção #1: Teste gratuito de 7 dias
Liberando a sua vaga para o Empiricus Fire agora, você fará o seu cadastro rápido e terá 7 DIAS para testar o conteúdo.
Se, por QUALQUER razão, você quiser se desfazer da assinatura, manifeste a sua vontade pelo telefone 4003-3118.
E vou te ressarcir 100% do valor pago, total. Sem problema algum, sem precisar dar explicações.

QUERO ACESSAR MEU PLANO DE LIBERDADE FINANCEIRA

Quando você clicar no botão acima, será direcionado a uma página 100% segura da Empiricus – que você também pode acessar por um celular ou tablet, sem problema algum.

A partir daí, você vai precisar de menos de dois minutos para completar seus dados, preencher a forma de pagamento e finalizar o pedido.

Eu espero de coração que você faça parte disso.

Não perca essa janela de oportunidade histórica.

QUERO ACESSAR MEU PLANO DE LIBERDADE FINANCEIRA

Um brinde à sua liberdade!

Dúvidas na escolha do plano?

Estamos aqui para ajudar