PREPARE-SE: a próxima onda na Bolsa será GIGANTE…

E vai disparar estas ações que estão fora do radar

Muitos já ficaram ricos com o primeiro grande movimento de supervalorização no mercado.

Agora, se você estiver preparado vai
surfar uma onda ainda maior.

Caro leitor,

Uma nova onda de supervalorização está se formando na Bolsa brasileira neste momento.

E está muito longe de ser uma marolinha – ela proporcionará lucros expressivos no curto e médio prazos.

Diferentemente do que aconteceu na primeira onda, desta vez os alvos não serão especificamente as ações mais tradicionais.

Aquelas de maior liquidez e pertencentes a grandes empresas…

Muito pelo contrário: a nova onda abrangerá papéis que estão fora do radar, extremamente baratos.

Falamos de ações invisíveis aos olhos da maioria.

Mais descoladas dos movimentos da Bovespa, mas nem por isso menos valiosas.

São aquelas com o melhor custo-benefício para o seu bolso e o seu patrimônio neste momento.

Muitos já ficaram ricos com a primeira onda de supervalorização de ativos brasileiros, no primeiro semestre do ano passado.

Agora, quem estiver realmente preparado, vai surfar uma onda ainda maior, e ficar milionário.

O próprio Nobel de Economia Daniel Kahneman tem uma teoria que fundamenta isso que estamos falando.

Os investidores não incorporam as probabilidades de materialização dos eventos de forma linear sobre os preços dos ativos.

Mas SOBREVALORIZAM os extremos, ou seja, quando a chance de um evento acontecer vai de 0% a 5% ou de 95% a 100%.

No primeiro caso (0% a 5%), temos o Efeito de Possibilidade.

E, no segundo (95% a 100%, ou o nosso próximo alvo), o Efeito Certeza.

Isso significa que, na primeira onda, a supervalorização ocorreu com a existência da possibilidade de um impeachment.

Grandes empresas como Gerdau, Bradesco e Vale estiveram entre as grandes valorizações da Bolsa no período.

Mas o mercado anda rápido. Se antecipa aos movimentos político-econômicos.

Em outras palavras, não fica parado à espera dos acontecimentos.

 

Com os efeitos da delação de Joesley Batista e passado o momento mais turbulento da economia neste ano, a Bolsa tem se recuperado e mantendo sua estabilidade nos últimos meses.

Vemos a criação de empregos melhorar substancialmente e queda dos juros já é uma realidade.

Todos esses efeitos nos fazem acreditar na alta probabilidade de uma onda gigantesca, que está em plena formação diante dos seus olhos na Bolsa.

Perdê-la de vista agora poderá ter um grande impacto sobre o seu patrimônio e o de sua família.

E isso está longe de ser um fenômeno isolado no universo da Bolsa.

Veja só este gráfico, por exemplo:

Fonte: NYSE

Isso mesmo, ele mostra uma valorização de mais de +3.200%.

Imagine comprar uma ação a 3,11 dólares. E vendê-la depois por 104,1 dólares.

Nesse meio tempo, você veria os seus lucros crescerem exponencialmente.

Data da compra (09/03/09) US$ 3,11
Após 1 mês US$ 4,72
Após 6 meses US$ 6,35
Após 3 anos US$ 23,73
Após 5 anos US$ 58,20
Após 6 anos US$ 75,80
Máxima (17/09/15) US$ 104,10

Se você comprasse um pacote de 100 ações (US$ 311), por exemplo, chegaria a nada menos que US$ 10.410.

Se tivesse adquirido 1.000 (US$ 3.110), embolsaria US$ 104.100.

Se fossem 10.000 ações (US$ 31.100), o retorno seria de impressionantes US$ 1.041.000.

Ou nada menos que R$ 3,2 milhões na cotação atual do dólar.

Não temos dúvida: hoje você não precisaria mais cumprir horários no trabalho.

Talvez até visse esta mensagem, mas de um resort no Caribe, com a família.

Um resort que poderia ser seu, inclusive…

Pois bem… Hora de contar algo muito importante.

O gráfico traduz o desempenho de uma empresa de artigos esportivos chamada Under Armour, listada na Bolsa de Nova York.

Ah, mas isso só poderia acontecer nos Estados Unidos, mesmo…

Calma. Aí é que a maioria das pessoas se engana.

Movimentos similares foram observados quase que no mesmo período no Brasil.

Não estamos falando aqui de algo mirabolante ou mesmo inédito.

Isso já aconteceu. E não faz tanto tempo assim.

Fonte: Bloomberg

Todos esses gráficos representam a trajetória de empresas brasileiras na Bovespa logo após a crise de 2008.

O que elas têm comum?

São microcaps.

Empresas com ações baratas e valor de mercado de
até 1,5 bilhão de reais.

Ou eram, na verdade.

Porque a valorização obtida as colocou em outro patamar.

Tornaram-se GIGANTES, em seus segmentos e no mercado.

A Kroton (KROT3) do primeiro gráfico, por exemplo, acabou por se tornar o maior grupo educacional do mundo.

E aqueles que apostaram nela antes foram extraordinariamente recompensados.

Mas o que pretendemos mostrar neste momento não são apenas as semelhanças entre as microcaps. Também, as diferenças.

Há exemplos de retornos extraordinários no curto prazo.

Como de valorizações em um horizonte de até cinco anos.

Tudo isso denota outra característica importante: por serem menores, estão mais sujeitas a variados gatilhos de supervalorização.

Falamos de movimentos bruscos que podem fazer a sua ação explodir no mercado. A qualquer momento.

Mas quais são os gatilhos que vão disparar esses lucros extraordinários?

Estamos falando de empresas de reduzido valor de mercado – neste momento, claro.

Por isso, estão sujeitas ao interesse de compra por parte de gigantes, proporcionando prêmios substanciais.

A própria notícia de uma possível aquisição ou fusão já é capaz de fazer o valor de uma microcap disparar.

E isso se intensificará ainda mais quando a economia voltar aos eixos.

Possibilitando que as gigantes golpeadas pela crise se reestruturem e decidam ampliar seus negócios.

Veja só o que aconteceu recentemente, por exemplo, com a Bematech, provedora de soluções em automação comercial.

A TOTVS anunciou a compra da empresa em uma operação que movimentou R$ 550 milhões em dinheiro e ações.

E os acionistas da Bematech receberam 0,0434 de ação ordinária da TOTVS para cada papel que detinham.

Sem contar que a assinatura do total à vista, pagando no cartão de crédito, ainda inclui mais 10% de desconto.

Um prêmio de mais de +55% sobre o valor de mercado da Bematech na época.

Fonte: BM&FBovespa

E tudo isso aconteceu em agosto de 2015, mês em que o Ibovespa desabou -8,3%.

Lembrando que os valores não foram simplesmente jogados de qualquer maneira no gráfico acima.

Eles foram baseados em um exemplo real.

E que poderá ser seu muito em breve. Tudo graças a estratégias que estão fora do radar da imensa maioria.

E que têm gerado lucros gigantescos a quem faz o oposto do que 99% dos investidores fazem.

Sim, o que estamos pedindo neste momento é que você considere a possibilidade de pensar pequeno.

Comprar parte do passe de um Messi ou Neymar enquanto eles ainda estão nas categorias de base.

E não durante a disputa final do prêmio de melhor do mundo, quando estiverem consagrados e extremamente caros.

Você já ouviu falar na Hering (HGTX3), não?

Embora uma marca conhecida do grande público, pouco tempo atrás suas ações estavam esquecidas.

A companhia têxtil encontrava-se escondida no universo da Bolsa brasileira. Fora do radar do Ibovespa.

Quando ninguém acompanhava os papéis, em 2010, demos o alerta para a oportunidade de multiplicação de capital.

As ações valiam R$ 13,80.

Pouco tempo depois, as mesmas estavam cotadas a valor próximo de R$.50.

Multiplicação de mais de +260%
em cerca de dois anos.

Nossos leitores conseguiram aproveitar a escalada das cotações.

E foram devidamente alertados para o momento oportuno de venda dos papéis.

E realizaram lucro. Muito lucro.

Os papéis até integraram o Ibovespa depois, sendo cotados atualmente a cerca de R$ 18.

Ganhos de +319%, +293%, +278%,
+193%, +190%, +175%…

Já aconteceu com nossos leitores
e irá acontecer novamente

Uma de nossas operações em andamento, por exemplo, chegou a render +191%.

E isso porque a nova onda ainda não foi sentida…

Tudo o que estamos demonstrando é 100% legal, e realmente funciona.

Você pode decidir por si mesmo ao ver os resultados, como fizeram a Regina e o Fernando.

“Gostaria de parabenizar em especial o Max Bohm, pois os relatórios das Microcaps são excelentes!!! Bem, esse foi o meu debut na Bolsa… aos 54 anos!!!! E veja que espetáculo… Continuem assim a despeito das dores de cotovelo dos invejosos de plantão. Respondam sempre com mais competência! Beijos.”
Regina L.
“Muito bom dia, Max! Não sou muito de escrever, mas hoje não consegui evitar… Preciso dar parabéns pelos pequenas gigantes! Hoje me arrependo do quanto demorei para seguir suas recomendações… Mas se aprendi uma coisa desde que comecei a segui-lo é de nunca é tarde demais para começar a ganhar”.
Fernando P.

 

A MAÇÃ MAIS CARA DO MUNDO

Agora olhe bem esta foto… Seja sincero: você investiria nesta companhia?

Pois bem: alguém investiu.

E certamente não se arrependeu: hoje ela é a mais valiosa do mundo.

Nos referimos à Apple.

Se você pudesse voltar no tempo, temos certeza de que apostaria o que fosse nela.

E gostaria de contar com informações detalhadas sobre o que estavam pensando ou projetando esses hippies barbudos da foto.

Isso, infelizmente, já não é possível.

Logo, o mais importante aqui é: quanto você daria para saber disso hoje?

Para ter à disposição uma equipe experiente disposta a garimpar todas as ações da Bolsa 24 horas por dia

E identificar para você as big companies do futuro. Antes de elas explodirem no mercado.

Algumas das microcaps podem vir a ser a AmBev, o Itaú ou a Cielo.

E a Bolsa é justamente uma das principais válvulas de captação de recursos para que companhias possam tornar reais planos de crescimento até então inatingíveis para o seu porte.

Isso porque o mercado compra o risco.

Resta identificarmos quais são os melhores alvos. O risco que realmente vale a pena ser comprado.

Certamente, entre as grandes ações da próxima década haverá algumas das microações de hoje da Bolsa.

E é aí que entram as estratégias que selecionamos diariamente, e que têm feito nossos assinantes ganharem dinheiro.

“Afinal, quantas empresas você tem hoje?”

Sim, essa pergunta é para você, caro leitor.

Mas não se assuste. Você logo vai entender o motivo.

Simplesmente tomamos emprestada a indagação usada cotidianamente por um amigo jornalista…

É que ele, ao comprar ações de uma gigante do petróleo anos atrás, achou que caminharia sobre um tapete vermelho.

“Pensei que, ao ser dono de uma parte da empresa ao comprar as minhas primeiras ações, teria todas as informações que queria a respeito dela. Tinha que ficar sempre esperando o balanço. No final, nem dividendos recebi. Acabei me sentindo desprestigiado”, confidenciou.

Mais amadurecido e já sem esses papéis da gigante, ele diz hoje estar cansado dos astros consagrados.

E reforça, a cada happy hour, a sua aposta naquele Messi ou Neymar da base, à espera dos lucros extraordinários.

Infelizmente não são poucos os relatos desse tipo que recebo semanalmente na minha caixa de e-mails.

Veja bem: não estamos afirmando que você não pode ter um atendimento personalizado nas grandes empresas cotadas em Bolsa. Ou uma companhia para chamar de “sua”.

Não queremos ser mal interpretados.

É que o número gigantesco de acionistas (entre majoritários e minoritários) tornaria isso praticamente impossível.

A não ser que se alugue um Maracanã. Ou três.

O que estou tentando dizer é que você está diante da chance de fazer parte de uma empresa, efetivamente.

Ter contato quase que direto com seus administradores, gestores.

Com análises detalhadas de como funcionam, o que projetam para o futuro…

Tudo explicado em pormenores, inclusive após visitas aos departamentos de cada uma delas.

Temos uma equipe de analistas dedicados a selecionar os próximos Messi ou Neymar.

Aqueles que ainda estão desprezados ou são ignorados, mas que poderão se tornar os melhores do mundo em até 2 anos.

E dispostos a recompensar financeiramente os que acreditaram neles, mesmo que pagando muito barato por seus papéis.

E você terá isso a partir de agora.

Ah, mas com certeza há muitos riscos embutidos nas microcaps também

Entendo a sua preocupação.

Afinal, ninguém quer correr qualquer tipo de risco em um País onde a economia passa por momentos instáveis.

Nós também nos preocupamos com o futuro do País.

Mas o risco vai depender única e exclusivamente das ações que você escolher.

Não por acaso temos em nossas mãos uma seleção de empresas líderes em seu segmento de atuação.

Companhias sólidas, rentáveis e com baixa alavancagem.

Todas elas com preço inferior ao que realmente valem no mercado.

E o melhor: ninguém está prestando atenção nelas neste momento.

Consegue perceber o tamanho desta oportunidade?

Acompanhamos de perto cada uma dessas empresas.

Não analisamos apenas os seus resultados, aqueles que são publicados a cada trimestre nos balanços.

Nos debruçamos sobre a produção, a relação com clientes e fornecedores, o desempenho do mercado em que estão inseridas.

Conheço um caso, por exemplo, de uma microcap que, em meio à crise, terá de investir como nunca em sua ampliação.

O motivo? Absorver o excedente em seu setor de atuação, depois da quebra de concorrentes.

“Estamos nos desdobrando e investindo como nunca para crescer e dar conta dos pedidos”, me disse o presidente.

Mas não foi fácil encontrar empresas com essas características. Isso levou meses.

Tivemos de ir muito além do Ibovespa, índice que reúne as ações de maior liquidez do pregão.

E veja bem: não é fácil dissociar a Bolsa do Ibovespa no dia a dia.

Porque quando você ouve “A Bolsa brasileira subiu 0,5%”, você na verdade está ouvindo apenas “O Ibovespa subiu 0,5%”.

Há um universo muito MAIOR de papéis sujeitos a valorizações diariamente.

E que podem ser comprados nas mesmas corretoras que negociam os ativos das gigantes (não há diferença).

Ao todo, mais de 400 deles são cotados todos os dias – minuto a minuto – no pregão.

E o Ibovespa representa uma média entre cerca de 60 ações.

Só entre as empresas com valor de mercado de até R$ 1,5 bilhão – as nossas microcaps – há cerca de 100.

Mas atenção: não são todas essas microcaps que farão
você ganhar dinheiro no curto e no médio prazos.

Muito pelo contrário. É apenas uma pequena parcela dessas 100 de que falei.

Inclusive, não nos responsabilizamos por outras escolhas neste momento.

Temos em mãos uma lista muito seleta de empresas.

Algo exclusivo, e que não costumamos divulgar com frequência – você logo vai entender a razão.

Trata-se de uma oportunidade rara, a que poucos terão acesso neste momento.

Portanto, não perca mais um minuto sequer.

Muitas fortunas são construídas diariamente na Bolsa.

E a próxima pode ser a sua.

Recapitulando:

– Uma nova onda de supervalorização está se formando na Bolsa brasileira, e vai muito além do radar das gigantes;

– Você está prestes a conhecer ações extremamente baratas e que deverão apresentar lucros de +1.000%;

– Isso já aconteceu após a crise de 2008 e vai acontecer de novo;

– Garimpamos empresas sólidasrentáveis e com baixa alavancagem;

– Ninguém mais está prestando atenção nelas neste momento.

Mas o que vocês vão fazer exatamente para me ajudar a embolsar esses lucros?

Desenvolvemos toda uma série exclusivamente para isso.

O nome é Microcap Alert.

Dê só uma olhada no que preparamos especialmente para você:

  • A seleção das microações mais bem posicionadas para surfar a próxima onda gigante da Bolsa;
  • Relatórios detalhados de análise do mercado e das empresas escolhidas;
  • Alertas por e-mail e SMS, advertindo sobre o momento certo de tirar proveito da trajetória das microcaps.

Apenas concorde em receber o nosso próximo alerta imediatamente, e você estará apto a dar a sua primeira tacada.

Colocando pouco dinheiro e visando a multiplicação de capital em um intervalo de tempo muito curto ou no médio prazo.

Mas eu não entendo de ações, muito menos daquelas que estão fora do radar

É por isso que estamos aqui neste momento.

Queremos que você conte com a retaguarda de um time de analistas com anos de experiência na bagagem.

Indicando em quais empresas investir. Quando comprar, quando vender, quando realizar lucros e ganhar dinheiro.

Não temos dúvidas de que você também pode. E não há forma melhor de fazê-lo do que através desta mensagem.

Tomamos emprestadas as palavras do megainvestidor Warren Buffett, um dos três homens mais ricos do mundo, para garantir…

“Você não precisa ser um cientista da NASA. Investir não é um jogo no qual o cara com QI de 160 vence o de QI 130″

Estamos certos de que você precisa estar sempre bem amparado nas suas decisões. No mercado ou fora dele.

Afinal, não investiria em algo que já deu resultado, por exemplo, não é mesmo…

Não apontaria sua prancha em uma onda já deflagrada, à espera dela na faixa de areia da praia.

Digo isso porque você já teria pela frente vários papéis em máximas históricas.

Um exemplo? As ações da Lojas Renner…

O círculo verde do gráfico mostra a máxima histórica, atingida recentemente.

Podem existir ainda mais novas valorizações, novos ralis. Mas, ainda há o risco de você chegar atrasado.

Quase no final da festa. E justamente quando todo mundo está indo embora…

Não estamos querendo antecipar ou prever o futuro.

Trata-se de uma questão puramente matemática.

Suas chances de ganhar caem à medida que um determinado papel tem pouco espaço para novas valorizações.

Ou quando a ação começa a registrar suas máximas históricas.

Simples assim.

Mas a festa também acaba para microcaps, você poderia dizer. 

Sim, pode acabar. Mas estaremos ao seu lado avisando quando for a hora certa de vender.

Sem contar que a nova onda de supervalorizações em formação vai abranger microcaps que estão longe de suas máximas históricas.

Muito longe.

Possibilitando que você chegue ao fim da festa com a sensação de tê-la curtido ao máximo, no auge.

Você, inclusive, não nos vê fazendo muita propaganda do Microcap Alert por aí. E tudo isso tem um motivo simples:

Temos de manter a aplicação dessas estratégias entre um número reduzido de pessoas.

Por serem extremamente baratas, as ações dessas empresas estão sujeitas a fortes oscilações a cada fluxo de compra e venda.

Veja bem… Poderíamos fazer uma publicidade maior do Microcap Alert, a fim de obter o maior número de assinaturas possível.

Mas optamos por restringir essa divulgação a campanhas de adesão quase que anuais.

A primeira opção seria até mais vantajosa para nós. Mas isso pesaria sobre os ganhos daqueles que decidiram fazer parte das nossas estratégias.

Em outras palavras, não seria justo.

Portanto, não perca mais um minuto sequer.

Até porque relatórios como o Microcap Alert são vendidos facilmente no mercado de capitais brasileiro por cerca de R$ 20 mil.

Falamos isso pois, como analistas, já vendemos relatórios semelhantes por esse valor para investidores profissionais.

Mas preparamos algo muito melhor para você neste momento.

Você irá pagar apenas R$ 232/mês por um ano inteiro de acesso ao pacote completo do Microcap Alert.

O preço que está no nosso site, inclusive, é de R$ 262 por mês na assinatura.

Sem contar que a assinatura do total à vista ainda inclui mais 10% de desconto.

Precisamos explicar aqui que esse valor não foi escolhido por acaso: teve como objetivo limitar as estratégias a pessoas como você.

Já imaginou se abríssemos essa oferta a um grande número de pessoas?

Simplesmente ela não funcionaria.

O valor extremamente acessível das ações dispararia, e a divisão dos ganhos seria irrisória.

Outra questão puramente matemática.

O pacote completo do Microcap Alert inclui:

1. Relatórios semanais de monitoramento

Você vai ficar por dentro dos principais movimentos no universo das microcaps e de como poderá eventualmente se beneficiar deles. Uma análise detalhada sobre o mercado e as ações extremamente baratas e com maior potencial de valorização.

2. Alertas em tempo real com recomendações

Além de por e-mail, os momentos de entrada e saída das operações serão enviados por SMS. Sem dúvida, uma forma atual e precisa de aproveitar as estratégias que têm gerado lucros fazendo o oposto que a maioria dos investidores faz.

3. O Guia das Microcaps: Membro Premium

Um material para minimizar o risco e maximizar os ganhos com microcaps, com dicas que ensinam a aproveitar da melhor maneira possível os próximos movimentos extraordinários, além de ajudar os investidores a reduzirem o risco embutido.

4. Convite especial – Evento Microcaps

Quem assinar o Microcap Alert através desta Carta Convite terá ainda acesso exclusivo, a cada três meses, ao Evento Microcaps.

Trata-se de uma oportunidade única. Os palestrantes convidados raramente aceitam falar para o público. Com certeza será uma experiência muito exclusiva para nossos assinantes.

São apenas 250 vagas presenciais (entre novos e antigos assinantes). Quem não puder comparecer, terá acesso à íntegra do material em vídeo.

5. Vídeo de boas-vindas

Nele, apresentaremos a você o nosso serviço: os seus fundamentos e propósitos. Trata-se de uma conversa franca e explicativa sobre o universo das microcaps e investimentos em Bolsa de Valores.

6. Webinar exclusivo

Realizaremos ainda uma videoconferência on-line. Nela, você poderá tirar as suas dúvidas e acompanhar as de outros participantes sobre o nosso serviço e o mercado.

Esta oferta inclui ainda a garantia de risco zero, de devolução do dinheiro no caso de cancelamento nos primeiros 20 dias – trata-se da cláusula de confiança Empiricus, registrada em cartório.

Sem contar que, se você ainda tiver qualquer dúvida sobre o Microcap Alert, poderá entrar em contato com um de nossos atendentes pelo telefone (4003-5130). Eles estão mobilizados para ajudá-lo.

Não há risco algum para você em ao menos conhecer as nossas estratégias – e receber o primeiro alerta.

A oportunidade de você multiplicar capital já pode estar nele.

Trata-se de algo excepcional.

Em um momento igualmente excepcional do País.

E o mais importante: você não estará sozinho.

Então, não perca mais tempo.

Se você ficar com dúvidas se esse plano é adequado para o seu perfil, não hesite em nos contactar por telefone (4003-5130). O custo é de uma ligação local.

E aí? Está disposto a obter lucros que podem bater facilmente +1.000% com ações extremamente baratas neste momento?

Seja muito bem-vindo!

Um abraço,

Equipe Empiricus

 

Compromisso Empiricus registrado em cartório

CLÁUSULA DE CONFIANÇA 100%

Apesar de todas as vantagens já implícitas no material, a oferta em questão não perde a prerrogativa da Cláusula de Confiança Empiricus registrada em cartório: caso você não goste do conteúdo, pode cancelar a assinatura nos primeiros 20 dias com reembolso de 100% do valor pago.

Isso mesmo: você terá acesso imediato a todo o material do plano e ainda garantirá a possibilidade de cancelar posteriormente, recebendo o seu dinheiro de volta.

Para exercer seu direito, basta entrar em contato com a Central de Atendimento pelo telefone 4003-5130 e o processo é executado automaticamente. Limitado a 3 cancelamentos por assinante em um prazo de 12 meses.

 

 

Informações Importantes:

Os conteúdos da Empiricus visam informar o seu destinatário sobre matérias relacionadas a economia, finanças e investimentos. A Empiricus se exime de qualquer responsabilidade sobre eventuais prejuízos que o destinatário de seus conteúdos tiver em decorrência da sua tomada de decisão. Embora a Empiricus forneça informações sobre investimentos, fundamentadas sob avaliação criteriosa, não se pode antecipar comportamentos. Padrões, histórico e análise de retornos passados não garantem rentabilidade futura. Todo investimento financeiro, em maior ou menor grau, embute riscos que podem ser mitigados mas não eliminados. A Empiricus alerta para que nunca sejam alocados em renda variável aqueles recursos destinados a despesas imediatas ou de emergência, bem como valores que comprometam o patrimônio do assinante. A Empiricus é uma publicadora de conteúdos, totalmente dissociada do sistema de distribuição de valores mobiliários, e, por conseguinte, não obtém nenhum tipo de receita advinda de comissões, corretagens ou emolumentos sobre montantes eventualmente aplicados. A Empiricus zela pelo direito de privacidade dos seus leitores.


A Empiricus foi fundada em 2009 com um objetivo: levar conteúdos financeiros independentes
e de qualidade para a pessoa física.

Hoje, nossa equipe conta com mais de 200 colaboradores.
Afinal, somos uma empresa de pessoas e produzir conteúdo relevante para a sua vida financeira não é tarefa fácil.

Mas a Empiricus não é apenas a sua equipe, somos os mais de 180 mil assinantes das publicações.
Para conhecer algumas dessas histórias, acesse https://www.empiricus.com.br/depoimentos

Se quiser saber mais sobre a Empiricus, acesse nosso site em www.empiricus.com.br ou envie um email para relacionamento@empiricus.com.br.

A Empiricus apoia

 

Uma empresa associada à Agora Companies


Maior grupo de publicações financeiras do mundo, com mais de 2.700.000 assinantes

Empiricus
CNPJ 11.431.155/0001-07
Copyright © 2009 – 2019

Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.477
Torre B - 10º Andar
CEP 04538-133 - Itaim Bibi - São Paulo

Relacionamento com o assinante
Telefone(s): 4003-3117 | 4003-3118
(ligação local)