Caro leitor,

Estamos lhe mandando esta carta porque é nosso dever informá-lo de uma chance histórica para a compra de dólar.

Vamos lhe revelar, detalhadamente, o motivo que nos fez detectar essa oportunidade.

Mas não apenas isso: vamos também mostrar qual é a melhor forma de comprar a moeda americana.

Não vamos deixá-lo desamparado em nenhuma ponta.

Em seguida você descobrirá:

1 –  O que está acontecendo no cenário econômico mundial…

2 – Por que este cenário indica que o melhor a fazer agora é comprar dólar…

3 – Como comprar dólar da maneira mais segura e barata. Forma acessível a todos, mas conhecida por apenas 0,119% dos pequenos e médios investidores.

Só essa informação fará você mudar a forma de comprar dólar por toda a sua vida.

Seja qual for seu intuito: viajar, proteger-se, construir patrimônio…

Não há forma mais vantajosa de comprar a moeda americana.

Dito isso, vamos à parte 1.

O que está acontecendo no cenário econômico internacional?

Boa parte do noticiário internacional já vem falando dessa ameaça, que pode afetar o seu dinheiro.

Enquanto os jornais brasileiros estão muito preocupados com a prisão de Lula, intervenção militar no Rio de Janeiro, e os preparos para a Copa Do Mundo da Rússia (todos esses assuntos relevantes, é claro)…

… O assunto macroeconômico nos EUA e no resto do mundo é totalmente diverso.


Fonte: CNBC

 Tradução:

“De acordo com gestor de riqueza, disparada da inflação vai salvar o dólar, conforme o Fed (banco central americano) estimula o aumento das taxas de juros”

Fonte: Bloomberg

Tradução:

“A meta de inflação do Fed foi para o beleléu?”

Fonte: The New York Times

 Tradução:

“A inflação e as ações estão subindo e isso causa preocupação”

Todas essas manchetes estão tratando, de formas diferentes, do mesmo assunto.

Que é justamente o motivo pelo qual agora é o melhor momento para comprar dólar em anos.

Explicaremos brevemente, direto ao ponto e sem economês, do jeito que fez a Empiricus se tornar a maior publicadora financeira do Brasil:

Já há alguns anos a ameaça de inflação vem rondando o sistema financeiro americano.

Há quase dez anos, a economia dos EUA tem mostrado crescimento e estabilidade.

Os salários estão aumentando e a Bolsa está subindo.

O famoso céu de brigadeiro.

Esta manchete de 2 de fevereiro de 2018 do The New York Times, por exemplo, é bastante positiva:

Fonte: The New York Times

Tradução:

“Aumento no emprego e nos salários entrega um começo de ano promissor”.

Pois é, mas toda essa bonança tem uma contrapartida.

A correlação dessa situação com a inflação é direta: salários maiores = maior poder de compra.

Quando a demanda é maior que a oferta, os preços sobem. E está formado o cenário de inflação.

Como sabemos muito bem no Brasil, a inflação pode ser totalmente corrosiva, para todos os bolsos.

Não vamos nem começar a lembrar dos anos 80 e 90. Toda família tem uma história de dificuldade relacionada à nossa inflação galopante… você entendeu aonde queremos chegar, não é?

Para combater a inflação, os bancos centrais têm uma arma poderosa e eficiente: a taxa de juros.

Em bom português, aumentar a taxa de juros nada mais é que fechar a torneira.

Parar as máquinas.

O Fed já anunciou que vai, sim, aumentar os juros nos EUA, mas esse aumento pode ser ainda mais drástico do que o que se imaginava.

A torneira que vem alimentando os mercados dos EUA e do mundo está mais perto do que nunca de fechar seu registro.

E uma pequena prova disso é a maior queda no S&P 500 (mais importante índice do mercado americano, o Ibovespa deles) desde 2011, que aconteceu em uma segunda-feira, dia 5 de fevereiro de 2018.

Fonte: Bloomberg

Uma derrocada que já não acontecia há muitos anos.

Não é sem motivo que essa baixa histórica da Bolsa aconteceu pouco dias depois das notícias sobre aumento de salários e vagas de trabalho.

Aumento de salários provoca inflação, que exige do Fed uma postura mais enérgica na elevação dos juros.

Aqui no Brasil o abalo teve desdobramentos. A Bolsa caiu 2,5%, o que não é pouco.

A grande questão é que a maior queda da Bolsa americana desde 2011 aconteceu só com um flerte causado por poucas notícias.

Não sabemos o que vai acontecer quando os juros começarem a subir de verdade.

Pode ser traumático, inclusive para nós no Brasil.

E agora (e quando dizemos “agora”, estamos nos referindo a esta semana mesmo, nenhum dia a mais) é um momento mágico para comprar dólar por dois fatores.

1 – O ambiente no Brasil é extremamente favorável, principalmente depois que Lula está preso e virtualmente fora da corrida presidencial.

(blergh! #lulalivre)

Por isso, o preço do dólar anda estável aqui.

Faz dois meses que vem subindo aos poucos, mas de forma controlada.

Por enquanto, você não vei ter sustos na hora de comprar.

2 – Quando os EUA fecharem a torneira – e pode ser que esse fechamento seja bem brusco – haverá, certamente, instabilidade e… adivinha?

O dólar vai subir lá no alto.

Não tem jeito. Quando a Bolsa cai, o dólar é sempre um porto seguro importante.

Quer um exemplo recente?

Lembra-se de maio do ano passado, quando a delação de Joesley Batista pôs a Bolsa brasileira de cabeça pra baixo?

Pois é, o próprio Joesley (que pode ser tudo, mas burro não é) comprou milhões de dólares no dia anterior, porque SABIA QUE IA CAUSAR UMA HECATOMBE NO MERCADO.

O resultado:

A linha azul é a variação do dólar, a verde é a Bolsa. O mês é maio do ano passado.

Tá aí uma imagem que vale mais do que qualquer explicação, não é?

Por isso que essa ameaça externa não pode ser ignorada.

Se você não tem uma pequena parte de seu patrimônio em dólar, AGORA É A HORA DE COMPRAR.

Quando o Fed apertar os cintos (e ninguém mais duvida de que isso vai acontecer), haverá menos dólares circulando pelo mundo.

A moeda americana vai, fatalmente, se valorizar.

Isso tem chances muito grandes de abalar as Bolsas de todo o mundo. Inclusive a nossa.

Os juros nos EUA são historicamente baixos. Qualquer pequena ameaça de aumento de juro na maior economia do planeta já gera um efeito cascata de proporções, pois é, mundiais.

A queda histórica do S&P 500 tem tudo para ser apenas um ensaio.

E isso pode ocorrer a qualquer momento. Não há como prever.

Se alguém falar que sabe quando vai ocorrer está mentindo.

O que sabemos é o seguinte:

– HOJE o preço de compra do dólar é estável e particularmente baixo no Brasil, graças ao cenário de retomada econômica de nossa economia e a um rescaldo da euforia com a prisão do ex-presidente Lula.

– HOJE a Bolsa americana está se recuperando do baque do começo no mês e o dólar está controlado por lá também.

– HOJE E SEMPRE é boa ideia ter uma moeda estável e confiável em seu portfólio.

– HOJE E SEMPRE o dólar é um porto seguro em casos de derretimento da Bolsa brasileira.

– HOJE E SEMPRE dólar é dólar. Você precisa ter. Para viajar, mandar o filho para o exterior e mesmo como investimento.

Mas antes de você correr para a casa de câmbio, é IMPERATIVO que você saiba COMO COMPRAR DÓLAR DA MANEIRA MAIS VANTAJOSA POSSÍVEL. DE FORMA SIMPLES, SEGURA E BARATA.

Estamos certos de que só essa única informação tem potencial para mudar a sua vida e de sua família.

Isso porque essa forma de comprar dólares não serve somente como investimento ou proteção…

Se você vai viajar e pretende levar alguns dólares consigo, a forma que vamos lhe mostrar é a melhor maneira de se planejar e fazer uma reserva em dólares.

Sem burocracia.

E é importante deixar um detalhe muito claro.

Nós da Empiricus não somos banco, nem corretora, MUITO MENOS CASA DE CÂMBIO.

A gente tem a independência de dar sugestões de investimento sem conflito de interesse.

Indicamos o quê, onde e como realizar seus investimentos de forma inteligente. Quem realiza a operação é você.

Assim, quando dizemos que vamos mostrar COMO COMPRAR DÓLAR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL, é porque você terá acesso ao passo a passo.

Ao guia detalhado de como comprar dólar.

Nós não encostamos no dinheiro que você vai investir.

Nosso trabalho é ter os melhores profissionais da área para te guiar com independência.

Luciana Seabra, nossa especialista em fundos de investimento, foi quem nos alertou para essa chance histórica de compra de dólar.

E é ela também quem vai guiá-lo para comprar a moeda americana dessa maneira, que é a forma mais segura, simples e barata de adquiri-la.

Luciana fez as contas e chegou ao embasbacante número: apenas 0,119% dos pequenos e médios investidores compram dólar dessa forma.

Uma maneira supersimples e acessível a todos, que apenas os milionários aproveitam.

Chegou a hora de mudar isso. Mais pessoas precisam ter acesso a essa informação.

Não sabemos se você conhece a Luciana, mas garantimos que você estará em boas mãos.

Ela é Jornalista pela UnB e mestre em Economia pela Unicamp.

Foi por cinco anos repórter de Investimentos do jornal Valor Econômico, com passagem pela Rádio CBN e consultora do programa de educação financeira da Fundação Cesp.

Ela também é premiada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em 2015 com o 9º Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor.

Mas nenhuma dessas expressivas credenciais se iguala ao depoimento dos leitores da Luciana.

As pessoas físicas que ela ajuda na prática.

Não faltam exemplos de leitores que se beneficiaram com as sugestões de investimento da Luciana.

Jamil percebeu algo importante no trabalho da Luciana e da Empiricus:

Nossa vocação é ajudar e empoderar o investidor pessoa física com informações, estratégias e sacadas que antes só eram acessíveis aos milionários.

Como esse insight que a Luciana teve ao nos alertar para A MELHOR HORA PARA COMPRAR DÓLARES EM ANOS.

É o mesmo que aconteceu com Rubens…

E com todos os autores desses tweets e comentários elogiando Luciana e equipe.

São essas pessoas que fazem da Empiricus a maior publicadora financeira do Brasil.

O advogado, a publicitária, o dentista, o engenheiro, a médica, o professor, a empresária, o atleta, a arquiteta, o veterinário, a chef de cozinha…

Em resumo, estamos falando de VOCÊ, caro leitor.

Nosso objetivo não é apenas informar, como fazem os jornais.

É descrever O QUE FAZER COM ESSA DETERMINADA INFORMAÇÃO.

Ou melhor ainda…

COMO GANHAR DINHEIRO COM ESSA INFORMAÇÃO.

Por isso que estamos lhe escrevendo esta carta extraordinária.

Porque nossa editora-analista Luciana Seabra identificou uma chance histórica de comprar dólares.

E é nosso dever informá-lo desta oportunidade.

Deu para perceber que você estará em boas mãos sendo conduzidos por Luciana Seabra, não é?

Ela é a responsável por uma das séries mais queridas da Empiricus.

Os Melhores Fundos de Investimento.

 Assinando essa premiada série você terá acesso imediato à Publicação Especial com o passo a passo para você comprar dólar da maneira mais barata e segura.

Você vai ficar impressionado com a simplicidade e a praticidade do processo.

Bem mais fácil que comprar em casa de câmbio. Posso listar três motivos sem muito esforço.

1 – Você não precisa sair de casa. É possível fazer todo o processo de compra com segurança, pela internet.

2 – Você não fica correndo risco, andando com papel moeda, tendo que usar doleiras ou coisa parecida.

3 – Você não vai precisar guardar seus dólares em um cofre em casa, com medo de assaltos e furtos. Seu investimento fica seguro e acessível.

Dólar na cueca, afinal de contas, é coisa pra doleiro e político corrupto.

Com o método que você vai conhecer assinando a série capitaneada pela Luciana, tudo é bem mais fácil.

“Ok, mas o que dólar tem a ver com fundos de investimento?”

Conseguimos até ouvir daqui essa sua pergunta.

Pois é, o que a Luciana vai lhe mostrar é que eles têm tudo a ver.

Já ouviu falar em fundos cambiais?

São os fundos de investimento que aplicam somente em câmbio, perfeitos para proteção de patrimônio.

Vários deles são especializados em dólar.

E, por meio desta carta, você vai saber QUAIS SÃO OS MELHORES FUNDOS CAMBIAIS para você investir.

Aqueles fundos que, verdadeiramente, funcionam de forma idêntica a comprar dólar na casa de câmbio. Só que melhor.

Aqueles que têm taxa de administração baixa e investem somente em dólar (há vários deles que também investem em crédito privado e não queremos isso).

Porque, como o gestor do fundo não tem lá tanto trabalho quando investe somente em dólar não faz sentido que ele cobre mais de 1% ao ano de taxas.

Também estamos de olhos bem abertos para isso.

MOSTRE-ME JÁ COMO APROVEITAR ESSA CHANCE HISTÓRICA DE COMPRA DE DÓLAR

Outro aspecto importante que contemplamos nessa publicação especial:

Um aporte inicial baixo.

Como falamos, não é preciso ser milionário para investir nessas aplicações.

Dá pra começar com R$ 1.000.

Se fossem necessários valores muito expressivos, estaríamos sendo perfeitos hipócritas.

Como dissemos, queremos mudar a vida do investidor pessoa física.

Portanto, nada de aportes exorbitantes por aqui.

Faltou uma peça nessa equação, não é?

“Por que é mais barato comprar por meio de fundos cambiais?”

Bom, essa foi uma surpresa até para a Luciana, quando fez as contas.

Ela imaginava, naturalmente, que seria um pouco mais caro, graças à comodidade que mencionamos.

E também pelo custo do gestor do fundo.

Seria até justo que comprar dólar por meio de fundos fosse mais caro.

Mas fizemos as contas e chegamos à conclusão que comprar por meio DOS FUNDOS QUE A LUCIANA PINÇOU é, na verdade, mais barato.

Ou seja, é uma operação…

Mais prática, porque você pode comprar de casa. E é supersimples, tudo pela internet.

– Mais segura, porque você não vai andar com o dólar por aí, não vai depender de entregador e não vai precisar guardar seu dinheiro em um cofre ou em um esconderijo em casa.

–  Acessível, pois caso você queira sacar, o dinheiro está em sua mão em apenas um dia.

– Mais barata pois na comparação do que se paga em casa de câmbio, contando o ISS e todas as taxas que envolvem aplicar em um fundo cambial, a nossa forma de comprar dólar revelou-se, contra todas as expectativas, mais em conta.

Por isso que estamos falando que essa informação vai mudar sua forma de comprar dólares para sempre.

Você poderá, inclusive, indicar essa maneira de compra para toda a sua família.

É o tipo de informação que seu pai, sua mãe, seu tio, seu cunhado, seus avós… todos precisam.

E, como explicamos acima, a HORA É AGORA. Não sabemos quando que os EUA vão fechar a torneira.

Nem como isso vai acontecer. Mas é um fato: os juros americanos vão aumentar.

Ninguém quer inflação por perto e a melhor maneira de combatê-la é aumentar os juros.

O governo americano vai tirar liquidez do mercado. O dólar, naturalmente, vai encarecer.

E agora, no Brasil, o preço da moeda é estável. Ainda há muita euforia no mercado.

NÃO ESPERE PARA COMPRAR DÓLARES QUANDO O PREÇO ESTIVER LÁ NO ALTO.

… Mesmo se você pretende gastar o dinheiro em viagem…

… Mesmo se você achar que o Fed vai aumentar os juros de maneira menos brusca…

… Mesmo se você já tiver uma parte do patrimônio em dólares…

Não perca essa chance histórica de comprar a moeda americana.

Na pior das hipóteses, se estivermos absolutamente errados sobre essa ameaça, você ainda terá uma reserva da moeda mais sólida, estável e confiável do mundo.

Na melhor das hipóteses, você vai ver seu investimento se multiplicar. Como no dia D da delação do Joesley, quando o dólar se valorizou 8,15% do dia para a noite.

E, acredite, dependendo de como o Fed executar essa alta de juros, Joesley parecerá fichinha…

Além de tudo, a assinatura de Os Melhores Fundos de Investimento não te dará acesso somente à Publicação Especial indicando quais são os melhores fundos cambiais para comprar dólar.

A série oferece conteúdo, sem falsa modéstia, inigualável.

Você não achará em lugar nenhum uma análise tão completa sobre o mercado de fundos brasileiro.

A série também dá acesso a…

1 – Publicação Mensal Os Melhores Fundos de Investimento, por Luciana Seabra

A série coordenada pela Luciana vai além de fundos cambiais, naturalmente.

Todo mês, um tema relevante para que você saiba tudo sobre os melhores fundos da atualidade e possa investir em cada um deles com segurança.

Fundos DI, Fundos Multimercados, Fundos de Ações, Fundos Previdenciários… as sugestões mais rentáveis de cada tipo de fundo estão aqui.

Você não encontrará nada tão completo quanto esse material que produzimos, trata-se de um serviço único, exclusivo ao assinante Empiricus.

2 – Atualização Semanal da publicação

Para você tirar suas principais dúvidas e se atualizar com as sugestões de investimento dadas pela Luciana.

Aqui o acompanhamento é constante, com marcação cerrada, para que nada lhe escape.

Nossas sugestões estarão sempre atualizadas, para que você saiba exatamente o que comprar quando estiver com dinheiro disponível.

Se quiser ir direto ao assunto para saber o que comprar (inclusive os fundos cambiais), basta clicar na área “O que comprar” na sua área logada.

 

 

3 – Plantão de dúvidas ao vivo

A série Os Melhores Fundos de Investimento já é um sucesso entre os assinantes da Empiricus.

As perguntas não param de chegar por e-mail:

– Como comprar dólar por meio dos melhores fundos cambiais?

– Comprar por meio de fundo cambial é o mesmo que comprar dólar na casa de câmbio? (Spoiler: sim, é, só que melhor, como já lhe explicamos nesta carta).

Para esclarecer qualquer assunto ligado a fundos de investimentos, fazemos plantões de dúvidas ao vivo, em que a Luciana aborda o panorama atual, indica em quais fundos você pode investir e responde às principais dúvidas.

Todos os assinantes de Os Melhores Fundos recebem convite para acompanhar os plantões de dúvidas ao vivo, na tela do computador.

Caso você não tenha disponibilidade de participar ao vivo, o vídeo fica disponível na página do assinante. Basta entrar e acessá-lo como e quando quiser.

O plantão de dúvidas é uma oportunidade imperdível de orientação coletiva, cujos benefícios já compensam o valor da assinatura da série.

4 – Publicações Especiais:

Pois é, temos muito mais do que os Melhores Fundos Cambiais.

Já estão disponíveis Os Melhores Fundos de Ações do Mercado, Os Melhores Fundos Multimercados, Os Melhores Fundos DI: Fundos DI com taxa 0,2%…

Tudo para que você tenha os fundos mais adequados para o seu atual momento e construa um patrimônio sólido, sem depender dos GRANDES BANCOS.

É claro que também vamos lhe mostrar o que Itaú, Bradesco, Caixa, Santander e Banco do Brasil têm de melhor a lhe oferecer…

Mas faremos questão de lhe apresentar produtos mais rentáveis do que esses, e com o mesmo perfil de segurança.

Produtos que geralmente são oferecidos pelas gestoras independentes, aos cuidados dos melhores profissionais do mercado.

Ufa… É realmente muito conteúdo.

E é bom deixar claro:

Assim que você assinar, para que não se perca, vamos mandar imediatamente um email que já te leva ao passo a passo para que possa comprar dólar por meio dos melhores fundos cambiais.

O tempo urge… E a hora de comprar dólar é já!

Mas há uma última pergunta que não quer calar…

“Quanto custa para assinar tudo isso?”

Bom, você lembra que nossa missão é ajudar a pessoa física a ganhar mais dinheiro, não é?

E que fizemos questão de pinçar fundos cambiais que não têm aporte inicial milionário. Dá para começar com R$ 1.000.

Então não faria sentido que nós cobrássemos muito da assinatura da série Os Melhores Fundos de Investimento.

Estamos felizes em dizer que vamos oferecer especialmente nesta carta de vendas um valor muito vantajoso.

Que se paga, tranquilamente, só com a valiosíssima informação que mostra a forma mais segura e barata de comprar dólar.

Um conhecimento que você vai levar, facilmente, para a vida toda.

Com a quantidade de conteúdo que oferecemos por meio dessa série absolutamente única no mercado de capitais brasileiro, seria fácil jogar o sarrafo lá em cima.

Cobrar 3, 4, 5 mil reais pela assinatura anual…

Mas você não vai pagar nada nem próximo disso.

Na verdade, por meio desta carta, você vai pagar menos até do que quem chega à Empiricus por meio do site oficial.

Se você for ao nosso portal, a assinatura da série custa o seguinte…

Sim, apenas R$ 18,00 por mês. E nada além disso.

O valor é baixo mesmo. Não falamos da boca pra fora que nossa missão é fazer a pessoa física ganhar muito mais dinheiro.

Mas você não vai pagar nem isso.

Para ter acesso ao conteúdo único de Os Melhores Fundos de Investimento.

Para se juntar às dezenas de milhares de assinantes que estão ganhando mais e melhor com as sugestões de investimento da Luciana…

Para COMPRAR DÓLAR , LUCRAR E SE PROTEGER AO MESMO TEMPO se posicionando perfeitamente para surfar a alta de juros nos EUA…

Você não vai pagar R$ 3.000.

Nem vai pagar R$ 18 por mês.

Você vai pagar apenas 12 x de R$ 14,90. E NADA MAIS.

QUERO COMPRAR DÓLAR E ME POSICIONAR PARA A ALTA DE JUROS NOS EUA AGORA

Um valor muito menor que o de um pacote de fraldas por mês.

(E olha que, se você já teve filho, sabe quantos pacotes desses vão mensalmente).

O valor de um sanduba na padaria da esquina por mês.

O mesmo que se paga em uma assinatura da Netflix ou do Spotify…

Esse valor ínfimo vai te proporcionar uma vida financeira substancialmente mais saudável.

E vai lhe mostrar A FORMA MAIS BARATA, CÔMODA, RÁPIDA E SEGURA DE COMPRA DÓLAR.

Uma informação que pode mudar a sua vida.

Principalmente porque, como mostramos, os EUA devem sim aumentar os juros. O dólar vai ficar mais escasso.

Não ter dólar e ficar exposto à Bolsa pode ser perigosíssimo ao seu patrimônio.

Ao mesmo tempo, ficar só nos investimentos conservadores de Renda Fixa está cada vez pior, já que os juros brasileiros estão mais baixos do que nunca.

É hora de LUCRAR E SE PROTEGER com a melhor forma de comprar dólar.

É hora de aproveitar todo o conteúdo único d’Os Melhores Fundos de Investimento.

Seja bem-vindo à sua nova vida financeira.

QUERO LUCRAR E ME PROTEGER COM A MELHOR FORMA DE COMPRAR DÓLAR

Um abraço,

Equipe Empiricus.

 

Informações Importantes:

Os conteúdos da Empiricus visam informar o seu destinatário sobre matérias relacionadas a economia, finanças e investimentos. A Empiricus se exime de qualquer responsabilidade sobre eventuais prejuízos que o destinatário de seus conteúdos tiver em decorrência da sua tomada de decisão. Embora a Empiricus forneça informações sobre investimentos, fundamentadas sob avaliação criteriosa, não se pode antecipar comportamentos. Padrões, histórico e análise de retornos passados não garantem rentabilidade futura. Todo investimento financeiro, em maior ou menor grau, embute riscos que podem ser mitigados mas não eliminados. A Empiricus alerta para que nunca sejam alocados em renda variável aqueles recursos destinados a despesas imediatas ou de emergência, bem como valores que comprometam o patrimônio do assinante. A Empiricus é uma publicadora de conteúdos, totalmente dissociada do sistema de distribuição de valores mobiliários, e, por conseguinte, não obtém nenhum tipo de receita advinda de comissões, corretagens ou emolumentos sobre montantes eventualmente aplicados. A Empiricus zela pelo direito de privacidade dos seus leitores.


A Empiricus foi fundada em 2009 com um objetivo: levar conteúdos financeiros independentes
e de qualidade para a pessoa física.

Hoje, nossa equipe conta com mais de 200 colaboradores.
Afinal, somos uma empresa de pessoas e produzir conteúdo relevante para a sua vida financeira não é tarefa fácil.

Mas a Empiricus não é apenas a sua equipe, somos os mais de 180 mil assinantes das publicações.
Para conhecer algumas dessas histórias, acesse https://www.empiricus.com.br/depoimentos

Se quiser saber mais sobre a Empiricus, acesse nosso site em www.empiricus.com.br ou envie um email para relacionamento@empiricus.com.br.

A Empiricus apoia

 

Uma empresa associada à Agora Companies


Maior grupo de publicações financeiras do mundo, com mais de 2.700.000 assinantes

Empiricus
CNPJ 11.431.155/0001-07
Copyright © 2009 – 2019

Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.477
Torre B - 10º Andar
CEP 04538-133 - Itaim Bibi - São Paulo

Relacionamento com o assinante
Telefone(s): 4003-3117 | 4003-3118
(ligação local)